Por lucas.cardoso

Londres - Um dos maiores bancos varejistas do Reino Unido, a Tesco, interrompeu nesta segunda-feira todas as transações realizadas pela internet. De acordo com comunicado da divisão bancaria, a ação é um dos esforços necessários para lidar com um ataque de hackers contra 40 mil contas. Ainda segundo a Tesco, 20 mil contas tiveram recursos retirados após ataque online.

Sistema bancário britânico de internet vem sendo questionado há dois anosDivulgação

Segundo o Dailymail, o caso volta os holofotes para a questão da fragilidade do setor financeiro britânico a ataques cibernéticos. Porém, essa foi a primeira vez que um crime cibernético resultou em perda de dinheiro dos correntistas.

Ao todo, o Tesco Banking administra 136 mil contas bancárias. Todos os clientes ainda podem utilizar seus cartões para saques e compras. "Qualquer perda financeira causada pelo ataque será assumida pelo banco", garantiu o presidente executivo do Tesco Bank, Benny Higgins, à rádio BBBC.
Publicidade
Apesar de o responsável pelo banco afirmar que não aconteceram retiradas em alto valor, usuários usaram as redes sociais para atacar e questionar as medidas tomadas para evitar novos ataques.
Você pode gostar