Ex-vice governador é preso na Rússia por fraude em estádio da Copa de 2018

Investigação afirma que político de São Petersburgo recebeu propina

Por O Dia

Rússia - O ex-vice-governador de São Petersburgo, na Rússia, Marat Oganesyan, foi preso nesta quarta-feira acusado de ter cometido fraude nos trabalhos de construção do estádio "Zenit Arena". O local será um dos palcos da Copa do Mundo de 2018.

Segundo os investigadores, Oganesyan era o responsável político pela construção do estádio e teria se apropriado indevidamente de 50 milhões de rublos (cerca de 730 mil euros) em um contrato para a instalação de telões de vídeo do local.

Por meio de sua influência, ele garantiu a participação da empresa TDM na licitação e depois teria recebido o dinheiro em uma parcela antecipada. 

Últimas de _legado_Mundo e Ciência