Francisco sopra as velinhas dos 80 anos ‘trabalhando’

Papa mantém agenda e recebe felicitações de cardeais e moradores de rua

Por O Dia

Vaticano -  Papa Francisco completou 80 anos ontem e celebrou missa com 60 cardeais no Vaticano, cerimônia na qual descreveu a velhice como uma etapa da vida com “sede de sabedoria” e pediu que a sua seja “tranquila e fértil”. “Há alguns dias me veio à mente uma palavra que parecia feia: velhice. Assusta também. Lembro do que me disseram: a velhice é a sede de sabedoria. Esperemos que para mim também”, afirmou o Pontífice na missa, realizada no belo Palácio Apostólico. O Papa concluiu a homilia acrescentando que, em qualquer caso, um “pouco de sentido de humor ajuda a seguir adiante”.

Papa passa o dia de seu aniversário 'trabalhando'Efe

Antes do início da celebração, o decano do Colégio Cardinalício, Angelo Sodano, de 89 anos, repassou ao Pontífice o tradicional desejo “Ad multos annos” (por muitos anos), uma expressão litúrgica usada também para expressar uma felicitação.

Apesar de no Vaticano ser mais frequente celebrar as onomásticas (dia do santo do sacerdote) do que os aniversários, Francisco recebeu nesses dias várias mostras de carinho, como na última quarta-feira, quando os fiéis da audiência-geral lhe desejaram um feliz aniversário.

Francisco brincou, ao responder que em seu país, na Argentina, parabenizar alguém antes do tempo dá azar.

O dia do aniversário, porém, foi normal para o Papa, que manteve a agenda. Francisco se reuniu com a presidente de Malta, Maria Louise Coleiro Preca, e com o governador da Congregação para os Bispos, Marc Ouellet. Antes, ofereceu café da manhã a moradores de rua.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência