Por gabriela.mattos

Rússia - O chefe do Conselho de Segurança da Rússia, Nikolai Patrushev, afirmou que o país tem observado um aumento acentuado na tentativa de ataques cibernéticos oriundos do exterior. “Recentemente estamos vendo um aumento significativo em tentativas de causar danos ao sistema de informação russa, partindo de potências exteriores”.

Os comentários de Patrushev, citados pelas agências de notícias russas no domingo, ocorrem em meio a tensões ligadas às alegações das agências de inteligência dos Estados Unidos de que houve um esforço do governo russo para interferir nas eleições norte-americanas e reforçar o apoio ao presidente eleito, Donald Trump, por meio de informações extraoficiais.

Os supostos ataques cibernéticos, segundo o funcionário russo, incluem penetrações do Partido Democrata dos Estados Unidos e do comitê de campanha de Hillary Clinton. O representante palestino insistiu ainda que “a opção dos dois Estados não é sonho de um único país, mas tornou-se a preocupação de todo o mundo para protegê-los”.

Você pode gostar