Por lucas.cardoso
Homem foi denunciado por familiares Divulgação

Flórida - Um americano de 23 anos foi preso na última segunda, em Pensacola, na Flórida (EUA), acusado de abusar sexualmente de sua cadela de estimação. Um parente de Bradley Jean Hubbard teria denunciado o rapaz à polícia.

Segundo familiares, a cadela da raça pit bull, que se chamava "Baby Girl", era abusada pelo homem há pelo menos três anos. De acordo com o Dailymail, um parente chegou a ver Bradley abusar do animal em seu quarto.

Ainda segundo esse parente, 'Baby Girl' teria sido abusada pelo menos 100 vezes. As repetidas situações de choro e mudança de temperamento da cadela levaram os familiares a suspeitar do abuso.

Após prender Bradley, investigadores levaram a pit bull até um veterinário que a examinou e concluiu que existiam ferimentos no órgão genital.

Hubbard, no entanto, foi acusado pelo crime de abuso contra animais, pagou fiança de US$ 15 mil e foi libertado.

Você pode gostar