Trump discursa para Capitólio lotado como novo presidente dos Estados Unidos

Com um discurso nacionalista, ele afirmou que o país irá seguir um lema: Compre de americanos e contrate americanos

Por O Dia

Estados Unidos - Após cumprir juramento, o magnata Donald J. Trump fez nesta sexta-feira seu primeiro discurso como novo presidente dos Estados Unidos, para um Capitólio lotado. Em uma continuação do que foi sua radical campanha, o republicano falou sobre fronteiras, "proteção de empregos" e em dado momento, disse: "É hora de parar de 'conversa fiada' e começar a agir".

"Nós, cidadãos americanos, agora entramos em um grande esforço para reconstruir e restaurar o país para nosso povo. Juntos, vamos determinar o rumo da America e do mundo por muitos anos. Nós vamos enfrentar desafios e adversidades, mas vamos cumprir a missão (...) Somos gratos ao presidente Obama e à primeira-dama Michelle, eles foram magníficos durante o período de transição de poder", afirmou Trump.

Trump chegando para fazer seu primeiro discurso como presidente dos Estados Unidos AFP

Com um discurso nacionalista, ele afirmou que o país irá seguir um lema: Compre de americanos e contrate americanos. Deixando transparecer suas tendências racistas, ele afirmou que os Estados Unidos devem proteger suas fronteiras "de quem vem roubar nossos empregos". 

"Vamos trazer de volta nossas fronteiras, riquezas e sonhos", afirmou Trump, acrescentando que nunca vai desapontar seu povo. "Vamos reconstruir nosso país com mãos americanas", disse. 

Mão forte

"O que importa realmente não é qual partido governa, mas se o país é governado pelo povo. Essa data vai marcar a volta do povo governando o país", falou Trump.

Ele prometeu acabar com o que chamou de carnificina. Segundo Trump, os americanos querem escolas seguras para seus filhos, bons empregos e estão fartos de violência. 

O novo presidente afirmou que os Estados Unidosser inspiração para o mundo inteiro a partir de hoje. "Não iremos impor nosso estilo de vida, mas brilhar como um exemplo", afirmou.   

Terrorismo

Segundo Donald Trump, os Estados Unidos vão "erradicar da face da terra" os terroristas islâmicos. "Vamos estar protegidos por nossos homens e mulheres das Forças Armadas e mais importante, por Deus", afirmou Trump.

Ao final do discurso, ele lembrou de incluir outros grupos e disse: "Não importa se somos negros, latinos, ou brancos, todos temos o sangue patriota. Olhamos para o céu com os mesmos sonhos. Então para todos os americanos com os mesmos sonhos: Vocês não serão mais ignorados. Suas vozes irão nos guiar. Juntos vamos fazer a América mais justa e segura. Deus abençoe a América ", finalizou

Após o discurso, Trump seguiu para um dos salões para assinar documentos e nomeações. O clima foi de descontração. 

Trump prestando juramento nesta sexta-feiraReprodução Internet/CNN


Últimas de _legado_Mundo e Ciência