Por luana.benedito
Publicado 04/02/2017 18:46 | Atualizado 04/02/2017 18:49

Peru - Autoridades peruanas disseram ter investigado a casa do ex-presidente do país Alejandro Toledo Manrique em um caso envolvendo supostos subornos da Odebrecht. Segundo o jornal La Republica, o ex-presidente do Peru teria recebido US$ 20 milhões da empreiteira brasileira, com os pagamentos tendo sido realizados de maneira escalonada a partir de 2005, período final do mandato de Manrique, até 2008, no governo de Alan García.

Os promotores do caso disseram, em uma conta oficial do governo no Twitter, que investigaram a casa de Toledo por cinco horas neste sábado, reunindo provas para serem avaliadas pelos investigadores.

Toledo, que foi presidente do Peru entre 2001 e 2006, está, atualmente, em Paris. Na sexta-feira, ele negou as acusações por telefone à imprensa peruana. 

Você pode gostar