Frio e neve matam mais de 100 no Afeganistão

Avalanches atingem todo o país e também o Paquistão

Por O Dia

Afeganistão  - O mau tempo no Afeganistão, com fortes tempestades de neve e avalanches, deixou ao menos 106 mortos e centenas de feridos no último fim de semana. 

O incidente com o maior número de vítimas foi no nordeste do país, perto com a fronteira com o Paquistão, na vila de Nuristan, onde 53 pessoas morreram soterradas pela neve.

Perto da capital afegã, Cabul, e na região de Badakhshan, o mau tempo também destruiu casas e outras construções e soterrou carros, cujos motoristas, presos no interior, morreram congelados.
   
O principal aeroporto do país, localizado em Cabul, foi fechado por causa do gelo na pista. Além disso, na estrada de Cabul a Kandahar, a polícia resgatou cerca de 250 veículos que ficaram presos na neve. As chuvas e ventos também atingiram o Paquistão, onde ao menos 13 pessoas morreram por conta das tempestades. Nove delas foram vítimas de uma avalanche em um povoado na região de Chitra.

Autoridades dos dois países, que confirmaram o número de vítimas, afirmam que a onda de mau tempo na região continuará, com mais tempestades de neve e possibilidade de avalanches.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência