Por tabata.uchoa
Publicado 09/02/2017 12:09 | Atualizado 09/02/2017 12:12

França - Um empresário francês se deu mal após usar o aplicativo Uber pelo smartphone de sua mulher. É que mesmo após encerrar a sessão, a mulher dele continuou recebendo notificações com tudo o que ele fazia pelo aplicativo.

Uber é processada em R$ 150 milhões após erro denunciar suposta traiçãoFilipe Araújo/Fotos Públicas

Com o itinerário do marido em mãos, a mulher começou a desconfiar que estava sendo traída e colocou um fim no casamento. De acordo com o "Le Figaro", o empresário processou a empresa em 45 milhões de euros, o que equivale a cerca de 150 milhões de reais. Ainda de acordo com o jornal, haverá uma audiência preliminar sobre o caso no mês que vem.

Procurada por outro jornal local, a empresa não quis falar sobre o assunto. "A Uber não comenta publicamente sobre casos individuais, especialmente aqueles que dizem respeito a coisas como um processo de divórcio", disse um porta-voz. 

Você pode gostar