Homem joga 22 horas sem parar e morre

Brian 'Poshybrid' Vigneault levantou para fumar e não retornou ao jogo

Por O Dia

Estados Unidos - Brian "Poshybrid" Vigneault, de 35 anos, morreu no último domingo após passar 22 horas jogando sem parar. O homem era streamer de Twich e estava fazendo a transmissão para caridade.

Brian 'Poshybrid' VigneaultReprodução

Ele pretendia fazer uma maratona de 24 horas transmitindo suas sessões de "World of Tanks" para conseguir fundos para a "Fundação Make-A-Wish", que ajuda crianças com doenças graves. 

No domingo, o homem levantou para fumar e não retornou ao jogo. Os fãs acharam que ele tinha dormido, mas um amigo tentou falar com ele pela rede social Discord e quem respondeu foi um detetive do departamento de polícia de VIrginia Beach, que dizia estar investigando a morte de Poshybrid.

À imprensa, o departamento de polícia confirmou a morte e disse que a causa ainda não foi definida. 

Segundo o site "PVP Live", o homem tinha o costume de fazer transmissões de mais de 20 horas e com pouco tempo para descanso. Esse excesso somado ao vício em cigarros pode ter contribuído para um infarto. Mas isso são apenas especulações da comunidade. 

O homem pertencia ao clã "FAME" no jogo "World of Tanks". "Não podemos encontrar as palavras para descrever o quão triste é este momento para todos nós, e com certeza este jogo não será o mesmo sem a lenda", dizia o post lamentando a morte de Poshbrid na página do clã no Facebook.


Últimas de _legado_Mundo e Ciência