Coreia do Norte realiza novo teste de míssil, segundo EUA e Coreia do Sul

Projétil explodiu logo após o lançamento. Ministro da Defesa sul-coreano alega que míssil "não foi disparado com normalidade"

Por O Dia

Pyongyang - A Coreia do Norte realizou na manhã desta quarta-feira (7 horas locais e 19h de ontem no Brasil) um novo ensaio de míssil, que explodiu após o seu lançamento, segundo  as autoridades militares da Coreia do Sul e dos Estados Unidos. Não se conhecem as caracerísticas do míssil, informou a Agência Télam.

O ensaio foi realizado em uma área próxima ao aeroporto de Kalma, na cidade de Wonsan, explicou o ministro da Defesa da Coreia do Sul em um comunicado, acrescentando que o míssil "não foi disparado com normalidade". Seul continua analisando dados sobre o lançamento e o tipo de projétil utilizado. 

O míssil usado no teste feito pela Coreia do Norte na manhã desta quarta-feira aparentemente explodiu pouco tempo após o lançamento. Reprodução/Fox News

Segundo informou a agência EFE, foram testados vários mísseis. O Comando do Pacífico dos Estados Unidos afirmou, segundo a agência Yonhap, que o míssil disparado hoje "aparentemente explodiu a poucos segundos do lançamento" e que trabalha com seus aliados de Seul e Tóquio para elaborar uma análise mais detalhada do fato. 

O novo ensaio acontece em plena escalada da tensão na película coreana, motivada pelo último teste armamentista do regime liderado por Kim Jon-un em 6 de março, quando foram lançados de um a quatro mísseis de médio alcance a águas japonesas.

Este último lançamento coincide com a primeira reunião entre o secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson, e o presidente chinês, Xi Jinping, no último domingo.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência