Morto em atentado, turista comemorava 25 anos de casado em Londres

O americano Kurt Cochrane estava acompanhado da mulher, Melissa, que está em estado grave

Por O Dia

Reino Unido - A terceira vítima do atentado desta quarta-feira, em Londres, foi identificada como o americano Kurt Cochran. Ele viajava pela Europa para celebrar os 25 anos de casamento com sua esposa Melissa, que está hospitalizada em estado grave, afirmou Clint Payne, irmão da mulher, em entrevista para a emissora britânica BBC.

Cochran morreu atropelado pelo veículo que o terrorista jogou contra a multidão que caminhava pela ponte de Westminster, nas imediações do parlamento.

O agressor abandonou o automóvel pouco depois, após jogá-lo contra as cercas prédio, e esfaqueou um policial antes de ser morto por outros agentes. Além dele, também morreram a espanhola Aysha Frade, de 43 anos e o policial britânico Keith Palmer, de 48 anos.

Kurt Cochran e a mulher%2C Melissa%2C estavam em Londres comemorando 25 anos de casados. Ele morreu e ela está em estado graveReprodução/Facebook

O governo britânico informou que entre os 29 feridos no ataque, há pessoas de 11 nacionalidades: 12 britânicos, três franceses, dois romenos, quatro sul-coreanos, um alemão, um chinês, um irlandês, um polonês, um italiano, um americano e dois gregos.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência