Jovem morre em protesto na Venezuela

Rapaz de 23 anos participava de manifestação no estado de Lara. Diversas cidades registram tensão

Por O Dia

Venezuela - Um jovem venezuelano de 23 anos morreu, na madrugada desta terça, ao ser atingido por um disparo durante um protesto na cidade de El Tocuyo, no estado de Lara, no oeste do país. Orlando Johan Jhosep Medina teve a morte confirmada pelo Ministério Público da Venezuela. 

De acordo com a informação, o jovem foi acertado por um tiro na cabeça. "A perícia determinou que a vítima foi ferida com uma arma de fogo de tipo escopeta", acrescentou o MP, que não ofereceu mais detalhes sobre o ocorrido.

O prefeito do município Libertador, na zona metropolitana de Caracas, o chavista Jorge Rodríguez, informou, nesta segunda, a morte de outro jovem em meio à onda de manifestações em todo o país, esta última no estado de Mérida, também na região oeste da Venezuela. A vítima, de 25 anos, identificada como Daniel Infante, foi atingida por um disparo e levada até um hospital, onde, segundo Rodríguez, não resistiu e morreu. Esta outra morte, no entanto, não foi confirmada até o momento pelo Ministério Público.

Com estes dois últimos casos, sobre para 27 o número de mortes que aconteceram sob o clima de tensão dentro dos protestos antigovernamentais que vêm acontecendo nas últimas três semanas em todo o país.

Entre essas mortes, 12 foram contabilizadas durante saques no oeste de Caracas, enquanto o número de feridos é superior a 100 e os detidos chegam a quase 800, segundo a ONG Foro Penal Venezolano.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência