Ministro renuncia após comentário infeliz sobre tsunami no Japão

Masahiro Imamura, que comandava o Ministério da Reconstrução, afirmou que houve 'sorte' por desastre ter atingido o nordeste do país, e não Tóquio

Por O Dia

Japão - O ministro da Reconstrução do Japão, Masahiro Imamura renunciou ao cargo nesta quarta-feira, um dia após ter feito um comentário considerado ofensivo sobre o terremoto e o tsunami que abalaram o país em 2011.

Imamura disse durante uma reunião de trabalho do Partido Liberal Democrata (PLD), realizada na véspera, que foi uma sorte o desastre do dia 11 de março de 2011 ter atingido o nordeste do país e não a área metropolitana de Tóquio. Logo após ele pediu desculpas.

Entretanto, o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, declarou que a fala foi "extremamente inadequada e dolorosa" para as vítimas do tsunami.

Masahiro Imamura era ministro da Reconstrução do JapãoReprodução/Youtube

Imamura foi designado para a pasta durante a última reformulação do gabinete de Abe, ocorrida em agosto de 2016

Últimas de _legado_Mundo e Ciência