Supostos membros do Estado Islâmico são presos na Turquia

Segundo a Agência EFE, a polícia turca prendeu 12 pessoas que supostamente estariam envolvidas com o grupo extremista

Por O Dia

Turquia - A polícia da Turquia prendeu nesta sexta-feira 12 supostos membros do grupo terrorista Estado Islâmico na província de Adana, a 150 quilômetros da fronteira com a Síria. A informação é da Agência EFE.

A operação contou com o apoio das forças antiterroristas da polícia, que foram até as casas dos suspeitos, informou o jornal Hurriyet em seu site.

Cinco dos detidos são de nacionalidade turca, cinco sírios e dois iraquianos.

Nos últimos dez dias, a polícia deteve 43 supostos membros do Estado Islâmico, de acordo com informações do Ministério do Interior.

Sob estado de emergência, instaurado após a tentativa de golpe, os detidos podem passar uma semana sob custódia antes de serem acusados de um crime, ou colocados em liberdade, embora em casos de suspeita de terrorismo esse prazo possa ser prorrogado. 

Turquia assina acordo com EUA e Irã sobre zona seguras na Síria

Nesta quinta-feira, representantes turcos participaram de um encontro no Cazaquistão que negociou um cessar-fogo com o governo de Damasco, a oposição armada síria, EUA e Irã. A ideia era criar um acordo sobre áreas seguras no país que está em guerra. 


Últimas de _legado_Mundo e Ciência