Aumenta número de crianças migrantes

Relatório alerta que houve um aumento de cerca de 500% de crianças refugiadas viajando sozinhas ou separadas de suas famílas

Por O Dia

Caracas - Um novo relatório do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), alerta que houve um aumento de cerca de 500% no número de crianças migrantes e refugiadas viajando sozinhas ou separadas de suas famílias. As informações são da ONU News.

O relatório Criança é Criança: Protegendo as Crianças em Movimento da Violência, Abuso e Exploração foi lançado esta quinta-feira e apresenta uma amostra global da situação desses menores, as motivações por trás de suas viagens e os riscos que eles correm durante a jornada.

Segundo o Unicef, pelo menos 300 mil crianças viajaram desacompanhadas ou separadas de suas famílias para cerca de 80 países em 2015 e 2016. Em comparação, no biênio 2010-2011, foram registradas 66 mil nesta mesma situação.

De acordo com o órgão, 200 mil crianças entraram com processo de solicitação de asilo em 80 países, entre 2015 e 2016. Durante esse mesmo período, 100 mil menores foram apreendidos na fronteira entre os Estados Unidos e o México e 170 mil crianças desacompanhadas pediram asilo na Europa.

Os especialistas disseram que um número cada vez maior desses menores usa rotas altamente perigosas. E geralmente estão à mercê de contrabandistas e traficantes para chegar ao destino final, o que justifica um sistema global para protegê-las.

A agência da ONU afirmou que crianças separadas de suas famílias correspondem a 92% dos menores que chegaram à Itália em 2016 e no início deste ano. 

Últimas de _legado_Mundo e Ciência