Polícia identifica terceiro autor do atentado de Londres

Youssef Zaghba, de 22 anos, era italiano com origem marroquina

Por O Dia

Londres - A polícia britânica identificou nesta terça-feira a identidade do terceiro autor do atentado de Londres, realizado no último domingo, que deixou sete pessoas mortas e outras 50 feridas. Youssef Zaghba, de 22 anos, é italiano de origem marroquina. 

Youssef Zaghba é italiano de origem marroquina e tinha 22 anosHANDOUT / METROPOLITAN POLICE / AFP

Na segunda-feira a polícia anunciou os nomes dos dois primeiros terroristas: Khuram Shazad Butt, um britânico de 27 anos nascido no Paquistão, e Rachid Redouane, um marroquino de 30 anos. 

Na ação, os terroristas primeiro atropelaram os pedestres na Ponte de Londres e depois esfaquearam clientes e funcionários dos bares e restaurantes de Borough Market. Os três morreram a tiros por agentes de segurançaminutos após atropelarem pedestres . 

O comunicado da polícia explica que Zaghba nunca apareceu no radar "nem da polícia nem do MI5". O serviço de inteligência, no momento em que as críticas aumentam pelo fato de Khuram Butt, que se gabou de suas opiniões radicais no documentário para a TV "Os jihadistas da porta ao lado", não ter sido detido.

A polícia também anunciou a detenção nesta terça-feira de um homem no bairro de Barking, zona leste de Londres, como parte da investigação. As 12 pessoas detidas no fim de semana foram liberadas sem acusações. 

"Não podemos continuar como estamos", diz May

Com a promessa de lançar uma nova ofensiva contra extremistas, a May disse que a ameaça do extremismo islâmico é um dos mais graves enfrentado pelo Reino Unido. "Estamos liderando esforços internacionais para lidar e derrotar a ideologia do extremismo islâmico pelo mundo", afirmou May, que falou durante evento de campanha em Londres. "Mas à medida que a ameaça se desenvolve, nossa resposta deve fazer o mesmo. Não podemos continuar como estamos", acrescentou.

A campanha eleitoral no Reino Unido foi retomada nesta segunda-feira, após ter sido suspensa devido ao ataque do fim de semana. Na quinta-feira, o país realiza eleições gerais. 

May também afirmou que o nível de alerta de terror do Reino Unido continuará em "severo", a segundo maior categoria, ressaltando que medidas de segurança adicionais foram implementadas em torno da região central de Londres.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência