Mulher é presa após destruir coleção de violinos do ex-marido

Peças eram avaliadas em cerca de US$ 1 milhão

Por O Dia

Tóquio - Uma mulher de 34 anos foi detida no Japão após destruir uma coleção de 54 violinos de seu ex-marido. De acordo com a polícia, o momento de fúria resultou uma perda estimada em cerca de US$ 1 milhão. 

Peça mais valiosa era avaliada em US%24 50 milFreeimages

Segundo a mídia local, durante o processo de divórcio, a vendedora de instrumentos, Midori Kawamiya, teria entrado às escondidas na casa do ex-marido, um norueguês de 62 anos, e destruido sua coleção. De acordo com um porta-voz da polícia, a vítima reivindica uma indenização de 105,9 milhões de ienes (em torno de US$ 950 mil)

O caso aconteceu na cidade de Nagoya, em 2014, porém, Midori só foi presa nesta terça, em Tóquio. Segundo o jornal Yomiuri, a suspeita é de nacionalidade chinesa e fez constantes viagens entre os dois países após a ação. 

A vítima, que além de colecionar, fabrica instrumentos, revelou que seu artigo mais valioso que fora destruído era um violino avaliado em US$ 50 mil. 

Com informações da AFP

Últimas de _legado_Mundo e Ciência