Papa Francisco poderá ser o primeiro pontífice a visitar a Rússia

Secretário de Estado e número 2 do Vaticano, Pietro Parolin irá ao país e uma das metas é preparar uma eventual viagem

Por O Dia

Vaticano - O secretário de Estado, número dois do Vaticano, Pietro Parolin, viajará a Moscou entre 20 e 24 de agosto para debater uma eventual viagem oficial de Francisco a Rússia, a primeira de um pontífice ao país, de acordo com uma entrevista ao jornal Corriere della Sera.

Parolin disse ao diário italiano que um dos objetivos da viagem é a "preparação de uma eventual viagem do Santo Padre Francisco à Rússia", afirmação que vai de encontro ao que disse o próprio pontífice em março, em uma entrevista ao jornal alemão Die Welt. Francisco, questionado sobre seus projetos de viagens, afirmou que não poderia visitar a Rússia "já que também deveria viajar à Ucrânia".

Parolin não foi questionado sobre este ponto. Em Moscou ele deve se reunir com o presidente Vladimir Putin e altos representantes religiosos, entre eles o patriarca Kirill, chefe da Igreja ortodoxa russa. "Neste momento histórico em que assistimos ao aumento das tensões e conflitos em diversas partes do mundo, a paz constitui para o papa Francisco, e para mim pessoalmente, uma prioridade clara e inevitável", comentou o braço direito do Sumo Pontífice.

Vaticano prepara possível visita do Papa Francisco à RússiaEfe

A Santa Sé tem um "interesse particular" na importante região do leste europeu, que, "além de suas ricas tradições culturais e religiosas, tem um papel na busca de uma melhor estabilidade do continente e de maior unidade, inclusive nas relações leste-oeste", destacou.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência