Preso suspeito de atentado terrorista

Polícia britânica busca por outros possíveis envolvidos emexplosão no metrô de Londres que deixou 30 feridos

Por O Dia

Londres - A polícia britânica continuava ontem as buscas de outros suspeitos envolvidos no atentado da última sexta-feira que deixou pelo menos 30 feridos no metrô de Londres. Pela manhã, agentes prenderam um rapaz de 18 anos no porto de Dover (sudeste do país), considerado um dos participantes do ataque.

Vida normal%3A a estação do metrô de Parsons Green foi reabertaAFP

"Neste estágio, continuamos estudando a possibilidade de haver um único responsável pelo ataque" declarou Neil Basu, das Unidades Antiterroristas da polícia.

Por volta das 7h50 de sábado, a polícia britânica prendeu o jovem por suposta participação na "realização, preparação ou instigação de um ato terrorista". Mas não afirmou se é suspeito de carregar e instalar a bomba no metrô.

Poucas horas depois, os policiais fizeram nova batida em uma casa a 20 km de Londres, como parte das investigações sobre o atentado em uma estação de metrô da capital. Ninguém foi detido.

O jovem de 18 anos está em prisão preventiva em um posto da polícia local, à espera de sua transferência "para Londres", indicou a ministra do Interior, Amber Rudd, em uma mensagem transmitida pela televisão ao fim de uma reunião de emergência do governo britânico.

Apesar da prisão, um porta-voz da polícia disse que o nível de ameaça terrorista em Londres continua "crítico". Três pessoas feridas na explosão continuam hospitalizadas. A estação do metrô de Parsons Green foi reaberta ontem.

 

Últimas de _legado_Mundo e Ciência