Ventos do furacão Maria perdem força após tocar terra em Porto Rico

O olho do tornado se aproxima da costa norte do país, com ventos máximos sustentados de 220 km/h

Por O Dia

Miami - A velocidade dos ventos do furacão Maria segue diminuindo após ele ter tocado terra nesta quarta-feira no sudeste de Porto Rico. Contudo, o ciclone de categoria 4 continua representando perigo, segundo o Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês) dos Estados Unidos.

Em seu último boletim, o NHC indicou que o olho do furacão se aproxima da costa norte de Porto Rico, com ventos máximos sustentados de 220 km/h. Maria agora se move a 19 km/h em direção ao noroeste. Espera-se que ele continue essa trajetória, perdendo paulatinamente sua velocidade até a sexta-feira pela manhã.

Maria chegou a San Juan nesta quartaAFP

O centro do furacão passará nesta noite e na quinta-feira sobre águas próximas à costa nordeste da República Dominicana, para depois se deslocar para perto das ilhas Turks e Caicos e no sudeste das Bahamas até sexta-feira.

María tocou terra na manhã de hoje com ventos de 250 quilômetros por hora nos arredores do município de Yabucoa. Um aviso de furacão continua em vigor para as Ilhas Virgens Americanas e Britânicas, Porto Rico, Culebra e Vieques; de Cabo Engaño até Puerto Prata na República Dominicana, as Ilhas Turks e Caicos e o sudeste das Bahamas.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência