Morre a mulher mais pesada do mundo

Eman chegou a ter meia tonelada e morreu por complicações cardíacas e insuficiência renal.

Por O Dia

Abu Dhabi - Uma egípcia que pesava mais de 500 kg e chegou a ser considerada a mulher mais gorda do mundo morreu na manhã desta segunda por complicações cardíacas e insuficiência renal. A notícia foi anunciada pelo hospital Burjeel,de Abu Dhabi, onde a mulher estava internada. Eman Ahmed era atendida por uma equipe de 20 médicos desde sua chegada aos Emirados Árabes Unidos, em maio.

Mulher mais gorda do mundo AFP

A paciente pesava meia tonelada em fevereiro e sofria de hipertensão, insônia, diabetes e elefantíase, uma doença que provoca inchaço em várias partes do corpo. Sua condição a deixou confinada numa cama e a impediu de sair de casa por mais de 25 anos. Sua história ficou mundialmente famosa e acabou chegando aos ouvidos de um médico indiano que se ofereceu para realizar uma cirurgia em Eman. Após a operação e uma alimentação líquida, ela conseguiu perder 323 kg.

As operações para redução de peso na Índia são cada vez mais frequentes por conta do avanço da obesidade, principalmente nas áreas urbanas. O título de mulher mais gorda do mundo passou para a americana Pauline Potter, que em julho pesava 293 kg. 

Com informações da AFP

Últimas de _legado_Mundo e Ciência