Homem morre após ataque de tigres brancos em zoológico

Vítima era cuidadora do parque e tinha sido contratada há uma semana

Por O Dia

Índia - Dois tigres brancos atacaram um cuidador e causaram sua morte neste domingo no parque biológico de Bannerghatta, no sul da índia. Identificado como Anji, de 40 anos, o indiano havia sido contratado há uma semana.

Segundo o jornal Times of India, o novo cuidador tinha ido colocar carne dentro do recinto dos animais sem perceber que havia filhotes por perto. Um dos filhotes passou pelo guardião e depois o mordeu no pescoço e logo em seguida o segundo se juntou.

Os gritos de Anji atraíram mais tigres, que o arrastaram para dentro do safari e continuaram a mordê-lo. Depois de atacá-lo  os felinos rodearam o indiano e não deixaram que ele fosse resgatado. A demora evitou a possibilidade de levar o funcionário até o hospital.

Homem morre após ataque de tigre branco Free Images

Parentes da vítima se reuniram na frente do parque, neste domingo, e acusaram as autoridades de negligência. Eles pedem 500 mil rúpias (cerca de R$ 24 mil) como indenização pela perda do familiar. A polícia local vai investigar o incidente.

O ataque não é inédito no local. Há dois anos houve um caso semelhante. Segundo o jornal "Press Trust of India". O parque é lar para mais de 1,9 mil animais como tigres de bengala, leões e leopardos.

Os tigres brancos, considerados em risco de extinção, são encontrados na Ásia, sobretudo na Índia — a mais recente contagem oficial, datada de 2014, mostrou que o país abriga metade da população de 2,2 mil felinos da espécie.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência