Trump provoca Kim Jong-un

Presidente volta a dizer que está preparado para entrar na Coreia do Norte

Por O Dia

Washington - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a provocar seu rival, o norte-coreano Kim Jong-un. Em declaração à Fox News, Trump afirmou que os Estados Unidos estão "totalmente preparados" para responder às ameaças de Pyongyang. Na mesma entrevista, o presidente americano destacou a "excelente relação" com o governo chinês. "Estamos tão preparados que você não acreditaria", disse Trump, em referência às tensões com a Coreia do Norte, envolvendo o programa nuclear de Pyongyang.

"Ficaria espantado em ver o quão preparado estamos, caso precisemos estar", informou o presidente americano, que nos últimos meses vem protagonizando uma dura troca verbal com o líder norte-coreano. "Seria melhor não fazê-lo? A resposta é sim. Será isso que vai acontecer? Vai saber", disse Trump, aparentemente querendo evitar a opção militar.

Nos últimos meses, a Coreia do Norte realizou uma série de lançamentos de mísseis e seis testes nucleares, desafiando várias sanções impostas pela ONU. Questionado também a respeito de sua política com a China, o mais antigo aliado de Pyongyang, Trump elogiou Pequim por "ajudar" os Estados Unidos a reforçar as sanções contra a Coreia do Norte. "Ele é a favor da China. E eu dos Estados Unidos", disse sobre o presidente chinês Xi Jinping.

 

Últimas de _legado_Mundo e Ciência