Justiça da Espanha manda prender oito separatistas catalãos

Presidente destituído Carles Puigdemont está entre os alvos de prisão

Por O Dia

Madri - Uma juíza espanhola emitiu uma ordem de prisão europeia contra o presidente destituído da Catalunha Carles Puigdemont. A informação foi divulgada pelo advogado do separatista nesta quinta-feira. 

Carles Puigdemont, líder catalão destituído, teve mandado de prisão expedidoAFP

Destituído na semana passada de suas funções pelo governo central espanhol, Puigdemont fugiu para Bruxelas e ignorou uma convocação da Justiça de seu país para depor. Segudno seu advogado belga, ele apelará de uma eventual ordem de extradição.

"Acabo de receber uma mensagem do meu cliente de que efetivamente foi emitida [uma ordem] contra o presidente e outros quatro ministros que estão na Bélgica", disse o advogado Paul Bekaert à rede VRT. "Em termos práticos, significa que a Justiça espanhola apresentará o pedido de extradição aos procuradores federais em Bruxelas", acrescentou.

Perguntado se Puigdemont ficará na Bélgica, Bekaert respondeu: "É claro. Prometeu cooperar plenamente com as autoridades belgas". Bekaert informou que se o pedido de extradição for aprovada por um juiz belga, seu cliente apelará da decisão.

No último capítulo da pior crise política na Espanha das últimas décadas, o vice-presidente regional, Oriol Junqueras, e outros sete membros do gabinete de Puigdemont, acusados de sedição, rebelião e malversação de recursos públicos, também tiveram pedidos de prisão expedidos. 

Últimas de _legado_Mundo e Ciência