Chile decidirá entre Piñera e Guillier

Embora Piñera tenha vencido no domingo, como as previsões indicavam, só obteve 36,6%, ante 45% das últimas pesquisas

Por O Dia

Santiago - O ex-presidente de direita Sebastián Piñera e o senador governista Alejandro Guillier vão disputar em dezembro o segundo turno da eleição presidencial chilena, cujo desfecho está em aberto e poderá ser influenciado pela esquerda radical. Embora Piñera tenha vencido no domingo, como as previsões indicavam, só obteve 36,6%, ante 45% das últimas pesquisas.

Piñera vai disputar com Guillier segundo turno das eleições no ChileAFP

O que também surpreendeu foi a estreita vitória de Guillier em cima da ultraesquerdista Beatriz Sánchez: 159.938 votos a separaram do senador, que obteve 22,70% dos votos, contra 20,27% da jornalista, que sai do primeiro turno com um grande capital político.

"Piñera aparece oito ou nove pontos abaixo do que se esperava, e este é um ingrediente que imprime drama e incerteza ao segundo turno. A chave será o que os eleitores que apoiaram Beatriz farão", apontou Marcelo Mella, da Universidade de Santiago.

 

Últimas de _legado_Mundo e Ciência