Câmeras flagram deserção de militar norte-coreano para a Coreia do Sul e invasão

O UNC divulgou imagens de vigilância onde se vê como o soldado cruza a linha de demarcação com a Coreia do Sul

Por O Dia

Seul - Imagens de câmeras de segurança na fronteira da Coreia do Sul com a Coreia do Norte, divulgadas nesta quarta-feira, mostraram a fuga de um soldado desertor norte-coreano e a invasão de outro militar que o perseguia na margem entre os países.  Segundo o Comando das Nações Unidas na Coreia (UNC), um outro soldado norte-coreano cruzou brevemente a fronteira com o Sul no dia 13 de novembro, violando o acordo de armistício de 1953, enquanto perseguia o desertor. 

O UNC divulgou imagens de vigilância onde se vê como o soldado cruza a linha de demarcação com a Coreia do Sul e dá vários passos antes de voltar para o Norte.

O desertou chegou a bordo de um veículo à zona de demarcação fortemente vigiada entre as duas Coreias e fugiu para o Sul, enquanto era alvo de dezenas de disparos de militares do Norte.

Câmeras de segurança flagram tentativa de deserção de militar norte-coreanoReprodução Vídeo / AFP

O soldado recebeu ao menos seis tiros, incluindo um no abdômen, e se recupera em um hospital sul-coreano. A fuga ocorreu na "zona comum de segurança" (JSA) em Panmunjom, único setor da zona desmilitarizada onde os dois Exércitos ficam frente a frente.

O militar abandona o veículo e corre, perseguido por vários soldados norte-coreanos atirando. Finalmente, o desertor — caído ferido no solo — é puxado por três militares sul-coreanos que se arrastam até ele.

É muito pouco frequente que militares norte-coreanos fujam para o Sul pela JSA, uma das atrações turísticas para estrangeiros que visitam a Coreia do Sul. 

O coronel Chad Carroll, porta-voz do UNC, destacou que as imagens revelam como um guarda "correu durante alguns segundos além da LDM antes de regressar para o Norte". As forças das Nações Unidas "pediram uma reunião" sobre o incidente "e medidas para impedir semelhantes violações no futuro". 

Assista ao vídeo: 

Últimas de _legado_Mundo e Ciência