Ainda dá tempo para conquistar a boa forma

A cerca de um mês das festas de fim de ano, tenha cuidado com os exageros para não prejudicar a saúde

Por O Dia

Rio - Se você quer estar com aquela cinturinha fina nas festas de final de ano, então, literalmente, corra. Especialistas esportivos, fisioterapeutas e nutricionistas garantem que é possível, faltando cerca de um mês para o Natal e Ano Novo, perder peso consideravelmente, combinando exercícios físicos com alimentação balanceada. Mas eles alertam: não adianta atropelar o que o organismo suporta para atingir objetivos platônicos, pois exageros podem trazer sérias consequências para a saúde.

A educadora física, Caiuá Simas, do programa de emagrecimento Corpo D21 Power, um dos métodos mais requisitados no Rio, adverte que o ideal, quando se tem objetivo de transformar gordurinhas indesejáveis em musculatura, é que o ocorra uma mudança de hábitos em primeiro lugar. "É preciso que o indivíduo esteja disposto a encarar uma rotina saudável, que traga resultados consistentes, mesmo a curto prazo. Além da alimentação balanceada e não restritiva, é preciso se exercitar de forma correta, sempre com acompanhamento médico e de outros profissionais", destacou Caiuá.

Olivia Andriolo%2C especialista em Pilates%2C idealizadora do método de Emagrecimento Corpo D21 Power.Divulgação

Olívia Andriolo, fisioterapeuta especialista em pilates, aponta que 21 minutos de treinos com intensidade alta, intercalados com períodos de descanso, o chamado HIIT (abreviatura em inglês de High Intensitty Intervalal Training), pode reduzir peso a curto prazo. "Basta ter disciplina e força de vontade para as atividades que queimam gorduras acumuladas. De maneira em geral, 20% de uma cintura enxuta deve-se a treinos bem executados e rotina saudável". E essa rotina inclui dormir bem. Durante o sono, vários hormônios essenciais para a queima de gordura são regulados, fazendo com que o corpo trabalhe melhor e com uma taxa mais acelerada.

Quanto à alimentação, é imprescindível entender, conforme nutricionistas, a importância de uma dieta variada, na qual a deficiência de um nutriente em certos alimentos possa ser compensada em outros. Para manter em dia o peso ideal, a recomendação é simples: consumo moderado, com pequenas porções divididas ao longo do dia, de grupos básicos de alimentos, como verduras, legumes, grãos e frutas, além de carne, peixe, cereais, leite e derivados. Evitar fritura, fast-food e excesso de bebida alcoólica, e tomar ao menos dois litros d'água diariamente.

'Basta ter disciplina e força de vontade', ensina fisioterapeuta especialista em pilatesDivulgação

O nutrólogo e presidente da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran), Durval Ribas Filho, alega que quase 70% dos pacientes de consultórios e hospitais buscam dietas para perder peso. Mas o que preocupa os profissionais do setor é 77% já fizeram dietas sem acompanhamento alguma vez na vida, conforme estudo da Abran. "É uma tendência do brasileiro, que não percebe que isso pode acarretar em prejuízos graves para a saúde. Deficiências nutricionais podem impactar gravemente órgãos como intestino, estômago, pâncreas, entre outros", advertiu Durval.

Foco nos exercícios

Para a nutricionista Viviane Tippa, não existe milagre para emagrecimento rápido. "Dietas da moda podem trazer consequências ruins. O melhor caminho é a reeducação alimentar, respeitando limites individuais. Isso evita o chamado efeito sanfona". Para ter redução de medidas, é preciso remover a gordura da lipólise, do tecido adiposo. E depois fazer a oxidação, quando é queimada nos tecidos ativos. Segundo Olívia, um bom exercício é deitar no chão, colocar os dois pés sobre uma bola suíça, fazendo com que as pernas façam um ângulo de 90°, depois arrastá-las para a esquerda e direita. A prancha lateral e frontal também são ótimas para esculpir a silhueta. Na frontal, deve-se fazer a posição do exercício de flexão e ficar parada por 30 segundos. A prancha lateral funciona da mesma maneira, porém deve ser feita de lado, sustentando-se apenas por uma das mãos.

Para a personal trainer da Ritmo Academia, Naiara Jaques, as atividades aeróbicas também têm a mesma importância em relação ao cuidado nutricional e exercícios físicos. "Tem que ser uma combinação harmoniosa", ensinou Jaques, destacando que caminhadas, pedaladas e corridas orientadas, pelo menos três vezes por semana, são excelentes opções, assim como natação.

 

Últimas de _legado_Mundo e Ciência