Lucro do Bradesco sobe 18% no 1º tri, para R$ 3,4 bilhões

Queda nas despesas operacionais e no índice de inadimplência contribuiu para o resultado

Por O Dia

O Bradesco abriu nesta quinta-feira a temporada de balanço dos bancos ao apresentar lucro líquido de R$ 3,44 bilhões no primeiro trimestre, um pouco acima da expectativa dos analistas, o que representa alta de 18% em relação ao mesmo período do ano passado.

Houve queda de 8,5% nas despesas operacionais e melhora na qualidade da carteira de crédito expandida (inclui avais e fianças), que em março atingiu R$ 432,297 bilhões – evolução de 10,4% em relação aos três primeiros meses de 2013.

O índice de inadimplência superior a 90 dias recuou 0,6 ponto percentual nos últimos 12 meses e encerrou março em 3,4%.

Os ativos totais registraram em março saldo de R$ 922,229 bilhões e avançaram 3,1% em relação ao mesmo período do ano passado.

O lucro líquido ajustado foi de R$ 3,473 bilhões, o que corresponde s R$ 3,03 por ação. As atividades financeiras responderam por R$ 2,433 bilhões do lucro, enquanto os seguros, previdência e capitalização contribuíram com R$ 1,040 bilhão.

Últimas de _legado_Notícia