MPF pede bloqueio de bens de Eike Batista

Inquérito investiga se empresário cometeu crimes contra o mercado de capitais

Por O Dia

O Ministério Público Federal pediu à Justiça Federal o bloqueio de bens do empresário Eike Batista. O órgão já havia aberto inquérito para investigar se o empresário cometeu crimes contra o mercado de capitais.

O MPF é apoiado pela Policia Federal (PF)do Rio de Janeiro, que também instaurou inqúerito de investigação contra o empresário desde o dia 17 de abril.

O processo corre sob sigilo na 3ª Vara Criminal da Justiça Federal no Rio de Janeiro. O Tribunal Federal da 2ª Região não confirma se o pedido já foi acatado.

Segundo fonte ouvida pelo iG, que não quis se identificar, Eike ainda tem cerca de R$ 100 milhões de patrimônio líquido, em espécie, aplicado em dois bancos.

Procurado, a assessoria do grupo EBX informa, em nota, que ele, até o momento, "só teve notícia informal de uma decisão da 3ª vara federal, não havendo recebido qualquer comunicado judicial a esse respeito".

Depois de tomar conhecimento do processo em que foi proferida a decisão, a EBX informa que Eike tomará as providências cabíveis.


Últimas de _legado_Notícia