Pinnacle aceita romper com Hillshire, que se unirá à Tyson Foods

A empresa receberá uma compensação de US$ 163 milhões pela ruptura do compromisso, que servirá para reduzir a dívida do grupo

Por O Dia

O grupo alimentar americano Pinnacle Foods aceitou o pedido de ruptura de compromisso de seu antigo pretendente, Hillshire Brands, e agora este último poderá se unir à Tyson Foods, afirmou um comunicado na noite de segunda-feira.

A Pinnacle receberá uma compensação de US$ 163 milhões pela ruptura do compromisso, que servirá para reduzir a dívida do grupo. Em meados de maio, a Pinnacle havia aceitado ser comprada pela Hillshire por US$ 6,6 bilhões.

Dias depois, contudo, a Hillshire, que se especializa no processamento de carne, se viu em meio a uma batalha entre os dois gigantes mundiais avícolas, a americana Tyson Foods e a brasileira JBS através da Pilgrim's Pride.

A Tyson Foods finalmente ofereceu à Hillshire US$ 7,7 bilhões, mas exigiu que ela colocasse fim a sua compra da Pinnacle Foods.

Últimas de _legado_Notícia