Por douglas.nunes

Para movimentar seu programa de fidelidade,aumentar o acúmulo de pontos por seus mais de 13 milhões de participantes no país, estimular a troca também por produtos — e não apenas por passagens aéreas — e ainda aumentar sua base de clientes, a Multiplus, rede de fidelização e unidade de negócios do Grupo TAM, lançou ontem um programa que funciona como uma espécie de “gincana”, com uma série de tarefas. A iniciativa é parte da comemoração de cinco anos da empresa. Ao todo, são sete tarefas, entre elas a de convidar amigos para ingressar no programa e fazer compras em pelo menos três dos mais de 470 parceiros da Multiplus, entre eles a rede varejista Ponto Frio.

“O objetivo é incentivar o engajamento. Não se trata de uma rede social, mas de uma plataforma, disponível no ambiente da Multiplus, em que cada tarefa atingida resulta no acúmulo de uma quantidade de pontos, que acontece de maneira automática no saldo dos participantes. A expectativa da companhia é que a campanha também sirva como uma ferramenta para trazer novas pessoas para a rede. A plataforma Missão Multiplus será constantemente alimentada com novidades”, afirma Alexandre Moshe, diretor executivo de Marketing e Vendas da Multiplus.

O movimento de agitar o programa com ações que estimulem o uso por seus participantes pode ter explicação nos resultados do segundo trimestre da companhia. Apesar de o volume de participantes ter crescido 10,6% na comparação com o mesmo período do ano anterior, o volume de pontos emitidos caiu 6%, de 21 bilhões no segundo trimestre de 2013 para 19,8 bilhões de abril a junho deste ano.

Os pontos resgatados por participantes também encolheram em 2,6%, passando de 16,4 bilhões para 16 bilhões. Os resultados, segundo a empresa, foram impactados pelo efeito da Copa do Mundo, com a redução de voos domésticos e da movimentação do mercado corporativo, além da menor atividade comercial durante os jogos, o que afetou a transferência de pontos de cartões de crédito.

Também comemorando aniversário, a concorrente Smiles, unidade negócios independente que tem como um dos parceiros a companhia aérea Gol e também a Netpoints,iniciou em setembro um projeto de comemoração de seus 20 anos de atividades, com a divulgação de ofertas por 365 dias. De bônus na compra de milhas a ofertas especiais em viagens, o objetivo da empresa é conhecer melhor os seus cerca de dez milhões de clientes cadastrados. Também no Smiles, o resgate de milhas cresceu 6,4% ante o segundo trimestre de 2013, passando de 7 bilhões para 7,4 bilhões no segundo trimestre de 2014. Mas caiu 5,8% em relação aos três primeiros meses deste ano. O motivo, novamente, a Copa do Mundo.

“A ideia é celebrar 20 anos criando ações institucionais de reforço de marca. Queremos ser ainda mais atraentes para nossos clientes com novos produtos e promoções, além de fechar novas parcerias com companhias aéreas internacionais e ações com a Gol, oferecendo uma grande variedade de serviços”, detalha Leonel Andrade, CEO do Smiles.

Carlos Formigari, presidente da Netpoints, programa de fidelização com o conceito shopper — voltado para o varejo — afirma que a passagem aérea continuará sendo a maior inspiração no mercado de fidelidade, tanto no Brasil quanto no mundo. Mas que a tendência de crescimento de empresas como a Netpoints no Brasil, com a entrada de mais players, é um caminho natural, que ajuda o varejista a entender melhor seus clientes e o que eles esperam.

“Os programas shopper atendem a todas as camadas da população, enquanto os de fidelidade, com foco nas passagens aéreas, ainda se concentra nas classes A e B. Hoje, o Smiles tem 21% da Netpoints para ter um braço de varejo em seus negócios”, diz ele, que está lançando em breve o “Curta Viagem”, plataforma que vai permitir o uso de pontos do Netpoints na compra de passagens rodoviárias.

Você pode gostar