Com nova patente, sensores de movimento estão na mira da Apple

Nova tecnologia pode ser aplicada não só em consoles, mas ainda em computadores, TVs e qualquer outro dispositivo com iOS

Por O Dia

Rio - A Apple obteve a patente de um hardware com sensor de movimentos 3D. Nos diagramas divulgados pelo site Apple Insider, a tecnologia é demonstrada em um computador, mas imagina-se que ela pode também ser aplicada à Apple TV e aos dispositivos com iOS, como o iPad e o iPhone.

Segundo a publicação, o aparelho rastreia os movimentos do usuário a partir de um sensor e os intercepta — desde que estejam dentro de uma área específica —, permitindo a realização de atividades como a seleção de aplicativos, entre outras.

Para o especialista em games e professor do Ibmec/RJ, Klaus Schmaelter, é difícil prever exatamente o que a Apple fará com a tecnologia, pois a empresa costuma, inclusive, registrar patentes apenas para que concorrentes não utilizem nada semelhante.

“Pode ficar como uma carta na manga. Não é necessariamente um produto que eles vão colocar no mercado. Mas, ao mesmo tempo, não podemos subestimar o que vão fazer com a tecnologia, que pode se associar a computadores, TVs e até dispositivos com iOS, muito utilizados também para jogos. Entretanto, a princípio, não há indicação que estejam desenvolvendo algo como um console”, diz ele. “A tecnologia de gestos já existe, mas ainda não teve o resultado esperado”, completa.

O console da Microsoft Xbox com a tecnologia Kinect e as Smart TVs da Samsung são exemplos que utilizam sensores de movimento. O gargalo, explica Schmaelter, ainda é a dificuldade no desenvolvimento de jogos e sistemas que usem a tecnologia. Por enquanto, a variedade de aplicações ainda fica restrita a jogos com características semelhantes como dos games de dança.

“Ela só vai se desenvolver à medida em que softwares forem criados. O Nitendo Wii foi um sucesso, porque conseguiu atrair um novo público, que não jogava videogame. Depende da Apple gerar um cenário para os desenvolvedores criarem esses softwares, seja para jogos ou qualquer outra aplicação que eles tenham em mente”, diz ele.

Rodrigo Assaf, especialista técnico de Mídia e Entretenimento da Autodesk Brasil, também concorda que as aplicações dos sensores de gesto 3D podem ir muito além dos jogos. Mas ressalta que a tecnologia é essencial para o futuro do mercado de games.

“A tendência é que os usuários de consoles interajam ainda mais com os jogos, utilizando ferramentas ainda mais naturais e intuitivas”, declara.

A Apple já investe no segmento há um tempo. Em novembro de 2013, a companhia comprou a start-up israelense PrimeSense — a empresa por traz da tecnologia do Kinect da Microsoft. Em dezembro de 2014, uma das patentes da israelense foi transferida para Apple.

Últimas de _legado_Notícia