Sebrae e ABF investem em projeto de capacitação profissional

Criado pelas duas entidades, projeto Franquias Brasil leva cursos a 120 cidades de 19 estados brasileiros. Investimento é de R$ 20 mi

Por O Dia

Rio - O Sebrae Nacional e a Associação Brasileira de Franchising (ABF) vão levar cursos de capacitação para 25 mil pessoas que já são donas de um pequeno negócio ou pretendem empreender em 120 cidades brasileiras — a maioria delas no interior —, em um período de dois anos. No primeiro ano, serão 60 cidades e os primeiros cursos iniciam nesta segunda-feira, começando por Manaus. O projeto Franquias Brasil foi assinado no final do ano passado e terá recursos de R$ 20 milhões para que instrutores da ABF possam percorrer estas cidades. Do total, R$ 5,4 milhões saem do caixa da ABF. O restante é custeado pelo Sebrae.

De acordo com a presidente da ABF, Cristina Franco, serão ao todo 337 turmas em 19 estados, com o objetivo de levar conhecimento ao empresariado local e evitar a mortalidade das empresas.

“Em um momento de retração econômica como o nosso, oferecer caminhos para a educação e capacitação do empresariado é fundamental. Percebemos com essa iniciativa o quanto as empresas no interior necessitam de projetos como esse. Inicialmente, formatamos turmas para 30 pessoas. Mas temos cidades onde a procura chegou ao dobro desse número”, explica Cristina.

Os cursos, chamados de “Entendendo o Franchising”, incluem em suas aulas conceitos de franquia, vantagens e desvantagens do sistema, mitos e verdades e aspectos legais do franchising. O Sebrae também vai orientar os empreendedores sobre como escolher uma franquia e analisar o investimento necessário para a abertura do negócio.

Segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF) levantados com exclusividade para o Sebrae, 75% das marcas associadas à entidade estão nas capitais e nas regiões metropolitanas e apenas 25% nas cidades do interior do país. Outro levantamento, feito pelo Sebrae, mostra que o consumo fora das capitais e regiões metropolitanas soma R$ 827 bilhões ao ano, o equivalente a 38% do total do movimentado no país. Ou seja, em cada gasto R$ 10 em consumo, R$ 4 circulam no interior do país.

De acordo com o presidente do Sebrae, Luiz Barretto, para quem inicia suas atividades como empresário, o ambiente do franchising é mais seguro, com marcas sólidas no mercado.

“Hoje, uma em cada quatro franquias brasileiras está fora das capitais e das regiões metropolitanas, o que confirma a existência de um enorme mercado potencial em cidades do interior, tanto para a formatação de franquias quanto de empresas de menor porte. Estar nestas cidades também vai nos ajudar a traçar um perfil mais detalhado de quem são estes empreendedores”, comenta Cristina Franco.

Além dos cursos presenciais, o convênio também prevê a capacitação por meio de cursos do ensino à distância, em áreas como gestão financeira, gestão de pessoas, atendimento ao cliente e indicadores de desempenho, todos gratuitos e disponíveis ainda este ano.

Outra parceria firmada no final de 2014 é Fundo de Aval das Micro e Pequenas Empresas (Fampe), que tem como parceiros os bancos Bradesco e Santander. Voltado para quem busca modernizar sua empresa, abrir um novo negócio ou uma franquia, o Fampe dispõe de R$ 25 milhões em cada banco. O fundo garante até 80% do financiamento para compra de máquinas e equipamentos, modernização e capital de giro.

Últimas de _legado_Notícia