Huawei faz projeção agressiva de crescimento para os próximos anos

Previsão para os próximos três a cinco anos é de que o faturamento aumente a uma taxa composta de crescimento anual de 10% ou mais

Por O Dia

Com uma expansão de 20,6% no faturamento em 2014, a chinesa Huawei deixou claro que pretende manter o ritmo de crescimento na casa dos dois dígitos. No ano passado, a receita da empresa totalizou 288,2 bilhões de yuans (US$ 46,5 bilhões), contra 239 bilhões de yuans (US$ 38,6 bilhões). A previsão para os próximos três a cinco anos é de que o faturamento aumente a uma taxa composta de crescimento anual de 10% ou mais, de acordo com Fan Chan, vice-presidente do departamento de Contabilidade da Huawei.

No ano passado, 11% das receitas da companhia vieram da região das Américas, contra 38% da China; 35% de Europa, Oriente Médio e África; 15% da Ásia e Pacífico; e 1% de outras partes do globo.

Entre essas regiões geográficas, a das Américas foi a que apresentou menor crescimento (5,1%, na comparação com 2013). Chan explicou que a desaceleração nas vendas para o mercado norte-americano foi compensada pela expansão na América Latina. Ainda assim, o resultado não preocupa William Xu, diretor executivo do Conselho de Administração da Huawei. “Uma expansão de 5,1% é um bom resultado, comparada com o crescimento negativo ou muito mais baixo dos nossos concorrentes”, desdenhou Xu, com um sorriso nos lábios.

Últimas de _legado_Notícia