Por douglas.nunes

As crescentes dificuldades financeiras das empresas fizeram com que os pedidos de falências de companhias brasileiras subissem para o maior patamar do ano em abril e registrassem o pior nível para o mês dos últimos três anos, segundo dados da Serasa Experian divulgados nesta terça-feira.

No mês passado, foram realizados 161 pedidos de falência no Brasil, alta de 15% o em relação a março e aumento de 23,8% sobre abril de 2014.

Dos pedidos feitos em abril, 85 foram de micro e pequenas empresas, 33 de médias e 43 de grandes.

O baixo dinanismo da economia, o crescimento do custo financeiro das empresas com as maiores taxas de juros de empréstimos, o avanço do dólar e de outros custos "têm prejudicado a saúde financeira das empresas, levando-as a sofrerem pedidos de falências por parte de seus credores", afirmaram economistas da Serasa em comunicado.

As recuperações judiciais requeridas subiram 30,7% em abril sobre março, para 98 solicitações. Na comparação anual, houve alta de 11,4%.

Você pode gostar