Por douglas.nunes

O Produto Interno Bruto (PIB) deste ano não vai favorecer uma expansão acelerada dos financiamentos, mas o crédito vai crescer em 2015, disse à Reuters nesta sexta-feira o presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco.

"O PIB não vai favorecer uma aceleração do crédito, mas o crédito vai crescer, longe de imaginarmos que vá decrescer", disse o executivo.

Segundo ele, independentemente das crises que afetam algumas cadeias produtivas, outras estão "extremamente dinâmicas", como é o caso do agronegócio.

Trabuco lembrou que a produção de milho no inverno deste ano deve ser uma das maiores de todos os tempos. De acordo com o executivo, esse desempenho do setor agrícola demandará crédito.

Você pode gostar