Por douglas.nunes

Serviços de streaming de música estão crescendo cada vez mais pelo mundo. O número de assinantes no Spotify dobrou, nos últimos doze meses, e o Brasil já chega a ser o segundo com mais consumidores na Deezer. Com planos que variam entre R$ 8,99 e R$ 14,99, as empresas também têm oferecido promoções de até R$ 1,99 nos três primeiros meses para as pessoas conhecerem o sistema. Há ainda oferta de serviço gratuito com limitação de recursos.

Em maio deste ano, somente o Spotify, líder de mercado, alcançou a marca de 20 milhões de assinantes no mundo, o dobro do registrado no mesmo mês do ano passado. O número de usuários ativos (somados os que utilizam o serviço gratuito e os assinantes) passou de 40 milhões para 75 milhões no período.

De acordo com o porta-voz da Deezer na América Latina, Mathieu Le Roux, o serviço de streaming tem conquistado os usuários. “As pessoas estão preferindo assinar músicas em vez de baixar ou comprar. Quem faz isso não abandona mais”, disse.

A Deezer, que conta com seis milhões de assinantes e 16 milhões de usuários ativos, oferece mais de 35 milhões de músicas. O Brasil já é o segundo país com mais assinaturas do serviço, atrás apenas da França.

Para conquistar ainda mais clientes, a empresa fechou parceria com a Tim. Os clientes da operadora com o plano “Liberty Tim” ganharão a assinatura do aplicativo. Já os demais clientes pós-pago poderão ter o valor da assinatura descontado diretamente na conta. Além do consumo da Deezer não gastar a franquia de internet

Uma das mais antigas no país, a Rdio explica que o serviço funciona como o Instagram com as fotos. “Somos uma espécie de rede social da música. Nela as pessoas podem descobrir e salvar novas músicas entre as suas favoritas”, disse o diretor executivo da Rdio, Bruno Vieira.

A empresa tem uma parceria com a Oi, na qual o valor da assinatura é descontado diretamente na conta do Oi Móvel.

Preços e versão gratuita

As empresas oferecem uma versão gratuita do serviço, com acesso a todo o catálogo de músicas, mas com algumas limitações, como intervalos com publicidades, não poder pular todas as músicas que desejar e só poder ouvir quando estiver online.

Já para os assinantes, existe a opção de ouvir offline, sem usar dados da rede. “É uma função muito importante no Brasil, pois a internet não é boa como na Europa”, disse Le Roux.

A Deezer tem promoção para os três primeiros meses, no valor de R$ 2,97, e que depois sobe para R$ 14,90. A Rdio oferece dois planos de assinatura. Um só para ouvir na web, por R$ 8,99, e o plano ilimitado, que permite ouvir em qualquer dispositivo, por R$ 14,99.

Já a Spotify oferece os três primeiros meses por R$ 1,99 e, após esse prazo, a mensalidade custa R$ 14,90.

Você pode gostar