Por douglas.nunes

Desde que foi aprovado, em maio deste ano, o decreto 55.085, que regulamenta a venda de alimentos em food trucks — caminhões equipados para esse serviço — em São Paulo, tem aumentado a procura por autorizações para funcionamento dos restaurantes sobre quatro rodas. Segundo a Secretaria de Coordenação das Subprefeituras de São Paulo, já existe overbooking de candidatos a dono de food truck na cidade. O número de propostas passa de mil. Já os pontos de localização, onde é permitido que eles funcionem, somam apenas 900 endereços até o momento. Os equipamentos poderão ser instalados em vias e logradouros públicos, largos, praças e parques municipais, mas nunca em áreas residenciais, estacionamentos, porta de hotéis, repartições públicas e farmácias. Para ser um candidato é preciso ter o registro de pessoa jurídica ou de Microempreendedor Individual (MEI) em dia.

A lei paulistana terá, em breve, desdobramentos. No Rio já tramita na Câmara de Vereadores o projeto de lei 910/2014, da vereadora Laura Carneiro (PTB), que busca autorizar a venda de comida de rua na capital fluminense. Os interessados afirmam que a lei deverá ser aprovada ainda este ano. Enquanto esperam, eles vão investindo em seus food trucks. No Rio, a RJ Custom já tem 15 pedidos de food trucks de empresas como a Polis Sucos e de pequenos empresários, caso de Marina Braga, uma das sócias do food truck Larica. O restaurante móvel já está pronto e, enquanto a lei não é aprovada, ela participa de eventos fechados. Há três anos ela vinha desenvolvendo o projeto de ter um food truck que, finalmente, saiu do papel. “A procura aumentou muito. Logo vamos ver muitas empresas e empreendedores com food trucks pelo Rio”, diz ela.

Em São Paulo, com tantos interessados em ter um restaurante móvel, a Truck Van, uma das empresas que montam ou customizam food trucks, projeta um final de ano com o caixa mais recheado, com R$ 12 milhões por conta de 22 pedidos que estão na linha de montagem. Os preços para montagem de um food truck variam de R$ 75 mil a R$ 300 mil, dependendo dos equipamentos utilizados. O cardápio é extenso e há até modelos equipados com placa solar para geração de energia.

Cervejas artesanais no franchising

Franquia de cervejas artesanais, a Mestre-Cervejeiro.com está com um grande plano de expansão. Com seis franquias nos estados do Paraná e litoral de São Paulo, ela deve fechar o ano com 14 unidades no franchising. Serão abertas lojas em Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo (capital), Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

De Brasília para as principais capitais

A Duohaus, rede do segmento de estética e beleza, criada em 2010 em Brasília, escolheu as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Goiânia, Curitiba e Porto Alegre para sua expansão com franquias. A meta é a abertura de 40 unidades nos próximos cinco anos. No início de 2015, o objetivo é ter nove lojas em funcionamento no país.

Na City Shoes, meta é chegar a 100 lojas

A rede de lojas de calçados City Shoes colocou como foco de seu plano de crescimento, cidades com população economicamente ativa superior a 80 mil. A expectativa dos franqueadores é atingir a marca de 100 lojas nos próximos dois anos. Hoje são 72 lojas.

SOLUÇÕES & OPORTUNIDADES

Estão abertas até 7/11 as inscrições para o vestibulinho da Escola de Negócios do Sebrae-SP, primeira escola gratuita de empreendedorismo do Brasil. Para o 1º semestre de 2015, serão oferecidas 140 vagas para ensino médio, técnico e médio integrado ao técnico. Informações sobre cursos e requisitos no www.vestibulinhoetec.com.br/home/.

Empresas que atuam em modelos de negócios financeira, ambiental e socialmente sustentáveis, e que promovam a inclusão de pessoas de baixa renda ou em situação vulnerável em todo o país, poderão mostrar suas experiências em uma plataforma virtual lançada pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), em parceria com o Sebrae e outras instituições. Chamado de Iniciativa Incluir, o projeto vai reunir e divulgar ideias inovadoras. Para identificar esses casos, a primeira ação é um concurso, que receberá inscrições gratuitas pela internet até o dia 12 de outubro.

Você pode gostar