FOM muda estratégia para crescer em 2015

Fabricante aposta em licenciamento de personagens da Disney. marca também tem planos para exportar seus produtos

Por O Dia

Por Gabriela Murno (interina) - gmurno@brasileconomico.com.br

Já conhecido por suas almofadas e personagens próprios, a fabricante brasileira FOM aposta agora no licenciamento de personagens da Disney para continuar crescendo em 2015. A meta é aumentar o faturamento em 20% neste ano. A marca também ensaia os primeiros passos para exportar seus produtos, mas ainda sem data para sair do papel. Segundo Sidney Rabinovitch, presidente da empresa, Orlando (Estados Unidos), Bogotá (Colômbia) e o aeroporto do Panamá estão no radar.

"A Disney já havia nos ligado há três anos e não tínhamos aceitado. Eles voltaram a entrar em contato%2C reavaliamos nossa posição e fechamos a parceria"%2C diz Sidney RabinovitchFernando Souza / Agência O Dia

“Temos personagens nacionais, que são elaborados por nosso departamento de produtos. Esses itens, como a gatinha Panqueca, sempre venderam bastante. Muitas vezes fomos procurados por diversas empresas para licenciamento, mas não fazia parte da estratégia”, explica o presidente.
No entanto, em março de 2014, a marca lançou produtos com os personagens dos Angry Birds, primeiro passo para a expansão dos contratos de licenciamento.“Foi muito por pressão da nossa equipe de produtos. E foi um sucesso”, comenta Rabinovitch sobre os Angry Birds.

“Vimos, no ano passado, que nossa estratégia estava gasta. Não adianta crescer por crescer. E ter unidades que não se sustentam (...) A Disney já havia nos ligado há três anos e não tínhamos aceitado. Eles voltaram a entrar em contato, reavaliamos nossa posição e fechamos a parceria. Essa é nossa principal estratégia para 2015”, completa ele.

A coleção da Disney começa com 30 produtos, mas chegará 80, incluindo brinquedos, mas também os produtos característicos da marca, como almofadas e pufes. O preço médio dos itens da nova linha é de R$ 180.

Depois de um crescimento acelerado no número de lojas — hoje são 54 pontos de venda, sendo a metade unidades próprias e o restante franquias — a ideia, diz Rabinovitch, é colocar o pé no freio, e abrir, no máximo, 10 lojas franqueadas em 2015. Duas novas unidades já foram inauguradas.

Rabinovitch conta que as lojas em aeroportos são estratégicas, devido, principalmente, às almofadas de viagem com as cores do Brasil. O conhecimento de marca levado por turistas, pode ajudar na chegada dos produtos da FOM no exterior, assim como a alta do dólar. A desvalorização da moeda brasileira, comenta o presidente, mais ajuda do que atrapalha, já que a maior parte dos concorrentes vem da China, e a empresa importa poucos itens, como motores dos massageadores e umidificadores de ar, que correspondem a apenas 20% do faturamento. “Claro que afeta alguns dos nossos insumos e também aos brasileiros, que compram menos. Mas o impacto para a gente é menor”, ressalta Rabinovitch. A maioria dos produtos — atualmente são mais de 200 peças com cores variadas no portfólio da marca —, sai da fábrica de 3.200 metros quadrados da FOM, na Barra Funda, zona Oeste de São Paulo. A capacidade de produção da planta é de quatro mil itens por dia. “Apesar de alguns concorrentes, incluindo alguma imitações chinesas, temos orgulho de dizer que não tem nada parecido com os nossos itens”, finaliza o executivo.

Oppa terá franquias online sem estoque

De olho no crescimento das vendas em e-commerces de móveis e produtos de decoração, a Oppa prepara para um novo formato de negócios no Brasil: uma rede de franquias online, em que o franqueado monta sua loja sem a necessidade de estoque físico, já que a compra é feita usando um estoque online. O novo modelo está previsto para junho ou julho deste ano. “Estamos negociando com 15 possíveis franqueados”, diz o CEO da Oppa, Max Reichel.

Nailz: unidades em empresas

A esmalteria Nailz aposta no projeto “Nailz In Company” para continuar a crescer no Rio. A ideia é levar franquias da rede para dentro das empresas. A Nailz já conta com cinco unidades de seu modelo tradicional espalhadas pela cidade, e mais três entram em funcionamento em maio. A meta é inaugurar mais 12 lojas em 2015.

Inscrições para pós em franquias

Terminam hoje as inscrições para a pós-graduação em Gestão com Ênfase em Franquias da ESPM Rio, em parceria com a ABF-Rio. O curso é indicado para profissionais, gestores, empreendedores e consultores do franchising. A aula inaugural está prevista para 9 de maio.

Últimas de _legado_Notícia