Gilberto Gil escolhe Niterói para gravar DVD do show 'Gilbertos Samba'

Cantor sobe ao palco do Teatro Municipal e relembra músicas eternizadas por João Gilberto

Por O Dia

Niterói - Na estrada há meses com a turnê, “Gilbertos Samba”, sucesso de crítica e público, o cantor e compositor Gilberto Gil diz que o trabalho chegou ao ápice e que a hora é essa de registrar para a posteridade. E, para isso, o artista escolheu, nada menos, que o Teatro Municipal de Niterói, onde sobe ao palco nesta segunda e terça-feira, às 20h, para gravar o show em DVD. “O teatro é muito bonito e tem o tamanho e a acústica ideais. A equipe de produção aprovou tudo. A minha expectativa para esse trabalho é a melhor possível. Espero uma plateia bem entusiasmada, já que os shows vão se eternizar em DVD”, disse.

A gravação tem direção de Andrucha Waddington e Gil será acompanhado pelo filho Bem Gil (violão, guitarra, flauta, percussão e MPC), Domenico Lancellotti (bateria, percussão e MPC) e Mestrinho (sanfona, percussão e MPC). O DVDserá lançado em novembro.

Gil conclama o público e promete apresentação histórica para o DVDVERA DONATO/DIVULGAÇÃO

“Ter artistas como o Gil em Niterói põe a cidade em destaque, atrai olhares para o que estamos produzindo e nos inclui no circuito dos grandes espetáculos nacionais”, analisa o secretário de Cultura do município, Arthur Maia. “Recebê-lo em Niterói é como receber um amigo ilustre. É uma honra, que será eternizada nesse DVD, unindo Niterói e Gil para sempre”, sentencia ele, que não vai tocar nestes shows, mas faz parte da banda do cantor baiano.

O repertório de “Gilbertos Samba” traz canções que fizeram sucesso na voz de João Gilberto. São músicas de autores como Tom Jobim, Vinicius de Moraes e Caetano Veloso, além da inédita “Gilbertos”, composta por Gil especialmente para o projeto.

O trabalho é resultado de uma antiga vontade de Gil, que foi ministro da Cultura no governo Lula, de transformar em disco toda a sua admiração por João Gilberto e a Bossa Nova.

Diretora do teatro, Marilda Ormy, comemora a escolha do local para cenário de um espetáculo que vai entrar para a história da música popular brasileira. Segundo ela, o show está causando frisson, tanto que, já na última segunda-feira, os ingressos estavam quase esgotados. 

“É o máximo. Estou muito honrada e para Niterói é muito legal, porque Gil é um ícone cultural. O teatro foi escolhido porque tem elegância, classe e um ar de nobreza, que combinam com Gil, além da beleza, a acústica e, claro, da equipe”, brinca Marilda.

Segundo ela, o show de segunda funcionará como um grande ensaio e apenas algumas coisas serão gravadas. Já o show de terça será ‘à vera’. “Mas Gil é Gil e não vai precisar parar a gravação para fazer de novo como costuma acontecer em outros espetáculos”, avalia, destacando outro ponto positivo na apresentação: “Conseguimos abrir esse show para o público quando geralmente se tem na plateia nesse tipo de show convidados e figurantes.”

Cidade está no roteiro dos grandes shows

O Teatro Municipal de Niterói já foi cenário também dos DVDs da dupla Silvério Pontes e Zé da Velha, de Zélia Duncan, Tereza Cristina e Grupo Semente, entre outros, e serviu de locação para um clipe de Maria Gadu. Nomes como Adriana Calcanhoto, Cauby Peixoto, Ivan Lins, João Bosco, MPB4 e Elba Ramalho também já cantaram lá. O local abrigou ainda gravações de novelas, minisséries e filmes.

“Estamos produzindo uma cultura de ponta em Niterói e esse novo ciclo de shows que estamos vivendo já reverbera para o estado e país. Entramos no roteiro dos grandes espetáculos. Temos sido procurados por diversas vertentes artísticas, inclusive do exterior, e posso garantir que vem coisa boa pela frente!”, avisa Arthur Maia.

Teatro Municipal de Niterói
Endereço: Rua 15 de Novembro 35, Centro. Tel.: 2620-1624. Às 19h30 (abertura da casa) e 20h (show). R$ 90. Ingressos na bilheteria do teatro ou no www.ingresso.com. Censura: 14 anos

Últimas de _legado_Niterói