Autoridades fazem balanço de 2014 e contam o que virá no ano que vem

Prefeitura já traça novos planos para resolver problemas como a falta de segurança e os constantes engarrafamentos

Por O Dia

Niterói - Um novo ano bate à porta e no apagar das luzes, como de costume, é hora de refletir as ações adotadas ao longo dos últimos 12 meses. Em Niterói, 2014 ficará marcado como o ano do pontapé inicial para uma nova era da mobilidade urbana, com a ampliação da malha cicloviária e o anúncio de projetos grandiosos. Por outro lado, a crescente onda de criminalidade chama a atenção e causa preocupação aos niteroienses.

Na retrospectiva feita por secretários e presidentes de autarquias, evoluções em áreas da Saúde, Educação e Turismo também foram destacadas, assim como obras de contenção, projetos de preservação e competições internacionais.

Rodrigo Neves afirma que população da cidade pode esperar a entrega de pelo menos 40 obras em 2015Alexandre Vieira / Agência O Dia

“A partir de 2015, a população pode esperar um ano de crescimento vigoroso, com diversas iniciativas. Vamos concluir e entregar pelo menos umas 40 obras, como o Cisp (Centro Integrado de Segurança Pública), início da TransOceânica, a implantação do programa Região Oceânica Sustentável, o início da Operação Urbana Consorciada (OUC) e mais uma série de iniciativas”, enfatiza o prefeito Rodrigo Neves.

A TransOceânica terá 9,3 quilômetros de extensão, ligando o Engenho do Mato à Charitas, e atenderá diretamente 11 bairros da Região Oceânica. A construção do túnel Charitas-Cafubá, anunciado este ano, está inserida no projeto da via expressa, que irá transportar cerca de 80 mil pessoas por dia com ônibus no sistema BHLS (Bus of High Level of Service), o primeiro implantado na América do Sul.

Sobre segurança, Rodrigo espera, após um biênio de reorganização das contas da Prefeitura, buscar mecanismos para devolver a tranquilidade necessária à cidade.

“Hoje, a segurança é o principal desafio de Niterói. Mesmo não sendo atribuição do município, investimos em reforma, construção e ampliação de companhias destacadas, delegacia de homicídios, aumentamos o efetivo da guarda municipal, mas precisamos de mais. Esperamos para o próximo ano muitas iniciativas para melhorar essa questão. Além de cooperar, eu tenho de cobrar. E estou cobrando muito”.

Bruno Souza, secretário de Esporte e Lazer

Em 2014, tivemos o Mundial de Bodyboard, o retorno do Circuito Banco do Brasil de Vôlei de Praia e a Copa Brasil de Vela. Além disso, destaco o Projeto Motivação, com aceitação positiva da população em sua proposta de promover atividades esportivas diversas em vários pontos da cidade, e a revitalização da Concha Acústica como espaço para práticas esportivas e lazer.

Para 2015, a inauguração do Skate Park em São Francisco vai atender uma demanda muito importante, tornando-se um local de referência para a prática da modalidade. E teremos o prazer de acompanhar a construção do primeiro ginásio público municipal, em Campo Belo, na Região Oceânica.

Flávia Monteiro de Barros, secretária de Educação

Tivemos significativa expansão das unidades de educação infantil na rede municipal através do Programa Mais Infância, com a ampliação para 1500 vagas a mais para as crianças deste segmento. Construímos, nestes dois primeiros anos de governo, 10 novas escolas. Em 2014, iniciamos também a implantação do horário integral em 3 escolas de ensino fundamental. Criamos novos cargos e aumentamos a remuneração dos servidores.

Em 2015 teremos a expansão da educação infantil e a ampliação da capacidade tecnológica das escolas com conectividade em banda larga, modernização dos equipamentos, com aquisição de computadores, projetores e lousas interativas. 

Daniel Marques, secretário de Meio Ambiente

Com o PARNIT, criamos aproximadamente 2 mil hectares de áreas legalmente protegidas no município, distribuídas em diversas regiões, implantando unidades de conservação dentro de cada ponto. Com isso, proibimos licenciamentos, monitoramos e coibimos o crescimento informal dentro de áreas com sistemas ecológicos. Torna-se agora real e prático fomentar o ecoturismo sem degradação.

Para 2015 importantes projetos ganharão ainda mais força por terem sido contemplados na previsão orçamentária do exercício de 2015. Destaco o Programa de Proteção Animal, que terá pela primeira vez um Centro de Proteção aos Animais Domésticos no Horto do Fonseca, onde haverá espaço para tratar de animais feridos, abandonados e resgatados, educação ambiental com ênfase em coibir abandono e maus tratos, inclusão social com programas de capacitação para banho e tosa junto às comunidades e ainda previsão de licitações junto às clínicas veterinárias e hospedarias para aumentar as castrações. 

Solange Oliveira, secretária de Saúde

Tivemos a reforma e ampliação de várias unidades de saúde, mas a marca em 2014 foi a ampliação da cobertura do Programa Médico de Família para 85% da população mais vulnerável, levando acesso à saúde a populações historicamente excluídas como às pessoas que vivem em situação de rua.

Para 2015, a meta é a conclusão das obras dos hospitais Getulinho, Mário Monteiro e Carlos Tortelly, já iniciadas nesse ano.

Paulo Freitas, presidente da Neltur

O destaque foi para o projeto “Niterói na Copa”, onde traçamos, pela primeira vez, o perfil do turista da cidade através da Pesquisa de Demanda. Outros pontos altos foram a reestruturação do Complexo dos Fortes e o processo de qualificação e capacitação profissional, através dos cursos do Pronatec Turismo, que em Niterói formou mais de 300 alunos.

Para o próximo ano... teremos a requalificação turística do Centro de Niterói através de atração e investimentos para construção do Centro de Convenções, melhoria da sinalização, iluminação e integração do Caminho Niemeyer, Implantação do Atracadouro Turístico e o Planejamento Turístico do Mercado Municipal.

Verena Andreatta, secretária de Urbanismo

O Projeto da Transoceânica e suas etapas de licenciamento ambiental foram os destaques de 2014. Sem dúvida esse é o maior projeto de mobilidade urbana da história da cidade, aguardado há 40 anos. O ônibus fará o percurso do Engenho do Mato até Charitas em 25 minutos passando por 13 estações e pelo túnel — de 1,3 quilômetro de extensão ligando os bairros de Cafubá e Charitas, que não terá cobrança de pedágio. O corredor viário também contará com ciclovia.

Para 2015 estamos trabalhando na revisão do Plano Diretor e na elaboração do PUR (Plano Urbanístico Regional) de Pendotiba. O Plano Diretor foi contratado à Fundação Getúlio Vargas (FGV) em outubro e deve durar 15 meses. Já para a criação do PUR, podemos adiantar que as equipes das secretarias estão trabalhando para enviar à Câmara um projeto de lei já em fevereiro.

Arthur Maia, secretário de Cultura

Inauguramos um grande complexo esportivo cultural, o CEU Ismael Silva, em Jurujuba. Assinamos a concessão do Centro Petrobras de Cinema, ampliamos programas, valorizamos a cultura urbana, fomentamos produções artísticas locais entre outras coisas. E fechamos o ano com a maior festa de aniversário que Niterói já teve, com uma vasta programação gratuita e grandes shows e também com o maior evento natalino já visto em Niterói.

Domicio Mascarenhas, secretário de Obras

Rejuvenescemos 220 quilômetros de asfalto na cidade e iniciamos várias obras de contenção. Além disso demos início a projetos financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e tivemos a assinatura do contrato da Cooperação Andina de Fomento (CAF). O ano de 2015 será o início da perfuração do Túnel Charitas-Cafubá, que integra a TransOceânica.

Últimas de _legado_Niterói