Por marina.rocha
Risoto de camarão serve até cinco pessoasAlexandre Vieira / Agência O Dia

Niterói - Nessa semana fomos ao Siri, ali em Charitas. Já comemorei aniversários de amigos no primeiro restaurante da rede, que já está em Vila Isabel há mais de 80 anos, na Rua dos Artistas, nº2.

Meu amigo Nelson Moreira, que é morador da Vila desde 1987 e adora uma boa comida, não dispensa elogios à casa. Até levou lá o filho Tito, no dia de seu aniversário de 5 anos, para comemorar a data se fartando de camarão – ele adora -, em pastéis, empadinhas, e outros quitutes feitos com o fruto do mar.

Em Charitas, por exemplo, são consumidas duas toneladas de camarão por mês e eles vêm de um fazenda no nordeste do País.

O Siri de Niterói nasceu em fevereiro de 2009 e, de lá pra cá, além de servir toda a variedade de pratos encontrados nas casas de Jacarepaguá e da Ilha do Governador, ganhou autonomia e recebeu ares mais sofisticados na ambientação. 

A porção é muito farta, o que é um bom atrativo para as famílias e o povo que trabalha e come fora. Mas o restaurante recebe gente de todo o Brasil. Os sócios acham até que o Siri de Charitas é mais conhecido nas outras cidades do que em Niterói.

De entrada, nos serviram os famosos pastéis de recheio sequinho e camarões de bom tamanho. Depois, a clássica casquinha de siri, bem temperada e com muito recheio de pura carne, acompanhada de uma pimentinha leve.

O risoto de camarão é o carro chefe do Siri e é claro que não podíamos deixar de provar o prato. Os fãs da casa brincam que a refeição tem mais camarão que arroz...

Mas eis que o sócio Adriano Gadini nos apresenta uma linda Moqueca de Lagosta feita pelo chef Carlinhos. O molho de pimentões e tomates que envolvia a lagosta da moqueca estava muito bom e o acompanhamento de farofinha amarela de dendê e pirão deliciosos. O chef Carlos Alberto Silva dos Santos é cria dos restaurantes do grupo. Sua mãe foi cozinheira do Siri por 17 anos e foi ela que o colocou ainda jovem para lavar pratos na casa da Ilha do Governador. 

Ele pegou gosto, foi crescendo e passou oito anos por lá. Quando o restaurante de Jacarepaguá foi inaugurado, já assumiu como chef, e quando o caçula do grupo abriu em Charitas, veio junto e aqui ganhou autonomia para criar pratos que não existem nas outras casas. O cardápio mais experimental acabou dando certo e Adriano e Carlinhos se orgulham de terem uma boa sintonia trabalhando juntos.

O chef Carlinhos começou jovem no Siri e hoje comanda a cozinhaAlexandre Vieira / Agência O Dia

O Siri faz parte do Pólo Gastronômico de São Francisco e Charitas, que já tem uma programação conjunta para agitar o bairro durante todo o ano de 2015.

Doces do mar

A pâtissière Andreia Vasconcelos, da Docinhos & Doçuras, lança uma delicada linha inspirada no fundo do mar. Tem docinhos em formato de conchas com casquinha de chocolate branco e ganache de champanhe e recheio ao leite com praliné de castanha de caju. As estrelas do mar são feitas com brigadeiro de paçoca com praliné de amendoim crocante. A cestinha Búzios é de chocolate com caramelo e flor de sal, e vem com um caramujo e uma conchinha dentro. E ainda tem mais uma concha de palha italiana com brigadeiro belga! Custa R$ 3,20 a unidade e o telefone é 2710-2971.

Noi muda de endereço

No último dia 5, o restaurante Noi fechou as portas no local que ocupava há seis anos. A casa vai mudar para o número 201 mas continua na Praia de São Francisco. Em fevereiro, <MC1>será reinaugurada ali na esquina com a Rua Aimorés. O Noi promete que vai manter o bom padrão e com mais comodidade para os clientes. Vamos aguardar...

Novo rodízio japonês

O restaurante Capim Limão lançou um rodízio japonês para o verão. Funciona todas as noites e inclui sushis, sashimis, califórnia, salmão skin, entre outros. O preço é bacana: R$59,00. Fica na Travessa Capitão Zeferino, nº 9, Icaraí.

Café gelado

Quem adora café, neste verão de alta sensação térmica, pode experimentar as opções geladinhas da Waffle Store & Cafeteria. Eles têm o Vienense feito com sorvete de creme, expresso, calda de chocolate e chantilly e o Affogato de sorvete de creme com expresso. A casa também tem waffles com diferentes sorvetes e fica no Shopping Lido, em São Francisco.

Festa da Vindima 2015

A Casa Valduga divulgou a programação da Festa da Vindima, que vai de 29 de janeiro a 07 de março, no Vale do Vinhedos, em Bento Gonçalves, RS. Além de colher uvas, conhecer a história e o processo de produção dos vinhos, pode-se participar de oficinas de pães, geleias e massas. A Villa Valduga possui quatro pousadas e tem duas opções de hospedagem para dois ou três dias. É um super programa! Quem já foi adorou. Toda a programação e demais informações estão no site: www.villavalduga.com.br

Coluna de Suzana Blass

Você pode gostar