Jornalista cria aplicativo de relacionamentos para os cães

Ideia do DogsApp é facilitar o encontro dos 'pretendentes', além de aproximar seus respectivos donos

Por O Dia

O aplicativo DogsApp foi criado pelo jornalista Henrique Freitas para aproximar os cães e seus respectivos donosReprodução Internet

Niterói - Sou a Lilly, de 2 anos, uma golden retriever, ‘filha’ da Michele Sá Leite e estou em busca de um amor. É isso mesmo. Os cães também amam e entraram na onda do namoro pela internet. E quem deu uma de cupido foi o jornalista Henrique Freitas, da 502 Digital, que criou o DogsApp, um aplicativo de relacionamentos para donos de cães que acabou dando também uma forcinha para os peludos carentes.

Assim como em nossas redes, o DogsApp dá todos os detalhes sobre o dono daquela página, incluindo o local onde mora para facilitar o encontro. No aplicativo tem até lugar para os donos colocarem fotos dos cachorros e baterem papo, caso haja combinação de resultados entre os perfis. E sabe onde clicam quando um curte o outro? Num coração! Não é romântico?!

Para Lilly o aplicativo já funcionou. Michele revelou que a cachorra conheceu Thor, um shih-tzu preto e branco e, por tabela, ela fez amizade com Adriana, a ‘mamãe’ do pretendente.

A ideia de Henrique de criar o DogsApp surgiu a partir do Tinder, um aplicativo focado em relacionamentos amorosos entre humanos. Ele conta que a função do produto é aproximar as pessoas que têm cachorros, mas nada impede, claro, que nesses encontros os cães se deparem com suas almas gêmeas, afinal o aplicativo foi feito para eles.

Em seu perfil%2C a golden retriever Lilly%2C de 2 anos%2C afirma que está 'em busca de um amor'Reprodução Internet

Quem também já se cadastrou é Golda, uma golden retriever de 3 anos e seis meses, que ainda está solteira e mora em Icaraí com a dona, a publicitária Carolina Nacif. Ela cadastrou a cadela assim que soube do aplicativo, há alguns meses, mas Golda ainda não ‘desencalhou’ porque ela, a cachorra, é um pouco exigente e até agora não se interessou por nenhum perfil no DogsApp.

Então, por enquanto, as duas curtem os vários amigos que já fizeram pelo aplicativo promovendo encontros entre eles, humanos e cães.

Mas o produto vai além do namoro e da amizade. Outro benefício para os usuários é a oferta de serviços e produtos geolocalizados, permitindo que donos de cães tenham mais informações sobre petshops, clínicas veterinárias, hotéis para os pets e outras empresas ligadas ao mundo dos cachorros. Tudo isso perto de onde a pessoa estiver naquele momento.

O DogsApp é grátis e está disponível para iPhone e Android, e também no facebook e instagram, além do site dogsapp.com.br.

Lançado em outubro do ano passado, o aplicativo já têm mais de quatro mil perfis, inclusive de cães do exterior. Então, só vai ficar sozinho no Dia dos Namorados, na próxima sexta-feira, o peludo que quiser!

Últimas de _legado_Niterói