Pesquisa mostra cidade incluída no roteiro dos turistas do Rio

MAC e as praias são as lembranças mais comuns associadas à cidade

Por O Dia

Niterói - Os empresários Fernando e Franca Lemos, moradores de Lisboa, em Portugal, escolheram o Brasil para comemorar 40 anos de casados. Acostumados a viajar pelas cidades mais conhecidas do mundo, eles resolveram incluir uma novidade ao roteiro. Os dois aproveitaram a estada no Rio e atravessaram a Baía de Guanabara — de barca já é um ótimo passeio —, para visitar Niterói na viagem romântica realizada no mês dos namorados.

Fernando e Franca Lemos vieram de PortugalEstefan Radovicz / Agência O Dia

Fascinado pelo Museu de Arte Contemporânea (MAC), que conheceu na primeira viagem à cidade, Fernando quis trazer Franca para ver de perto uma das obras mais famosas do arquiteto Oscar Niemeyer. O casal reforça a pesquisa inédita feita pelo Sebrae que constatou o potencial turístico da Cidade Sorriso.

Segundo o estudo, o município vem se firmando como um roteiro de pelo menos um dia para quem vem ao estado do Rio. Foi o que fizeram Fernando e Franca, que chegaram à cidade pela manhã e voltaram ao Rio à tarde. Os dados divulgados recentemente foram colhidos em setembro de 2014 com 367 turistas.

Os números revelam que 98,6% dos entrevistados recomendariam Niterói para passeio. Já 85,3% disseram que não dormiriam na cidade. E já os que optaram por passar na terra de Araribóia, 75% ficariam na casa de amigos.

“Sabia que os programas de TV no exterior sobre turismo dão prêmios para quem adivinhar onde fica esse museu”, pergunta Franca, apontando para o MAC. “Ele é muito mais bonito pessoalmente”, avalia a italiana, que mora há 40 anos em Portugal e só conhecia o museu pela TV.

“Acho a praia de Icaraí linda, principalmente, vista daqui do alto. E esse canto aqui é maravilhoso com essa igreja e a praia lá embaixo. É um lugar de paz”, elogia Fernando referindo-se ao à Igreja da Nossa Senhora da Boa Viagem e o mar ao pé do morro onde está o templo. A construção é tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Segundo a pesquisa, o MAC e as praias são as lembranças mais comuns associadas à cidade. Itacoatiara, frequentada por surfistas do mundo inteiro, foi eleita uma das mais bonitas do Brasil. O estudo apontou ainda que Niterói é vista pelos turistas como um local rico em belezas naturais, seguro e bom para o lazer.

O Parque da Cidade tem uma vista de tirar o fôlegoAlexandre Vieira / Agência O Dia

A cidade é a segunda em número de obras de Niemeyer, — perde apenas para Brasília — e tem o maior Complexo Contínuo de Fortes do Brasil. Essas e outras atrações turísticas estarão no livro que a Niterói Empresa de Lazer e Turismo vai lançar e distribuir nos hotéis da cidade e do Rio para estimular o turismo local. A empresa ainda está com várias ações para receber os turistas durante as Olimpíadas realizadas ano que vem no Rio.

O coordenador do Sebrae no Leste Fluminense, Américo Diniz, revela que está trabalhando junto às agências de viagem. “A meta é colocar Niterói como um destino de quem está a passeio no estado. Estamos no caminho certo”, diz.

Maioria dos visitantes vem de outros países e estados

A maioria dos entrevistados é da classe B (64%). Desse total, 40% possuem nível superior e 70% têm entre 20 e 40 anos. Apenas 2% vieram de outras regiões do estado, sendo a maioria do Rio e de São Gonçalo onde vive Romário Peres. O militar levou a namorada cearense Nayana Honorato, de 18, para visitar o MAC, ponto de partida para os passeios dos dois, que incluíram as praias. “É tudo muito lindo”, conta ela.

Mas Niterói vai muito além do museu e da orla. É por isso que a turismóloga e guia turística Leila Gravano, da Conhecendo Mais, empresa voltada para o turismo cultural, criou passeios que fogem do lugar comum. Entre os pacotes, Roteiro da Fé, com visitas às igrejas da cidade, e o Complexo dos Fortes.

“Nossa distância do Rio é pequena. Precisamos aproveitar isso e trazer os turistas de lá para cá”, diz Leila.

O boca a boca ainda é a melhor divulgação

Apesar do potencial turístico, Niterói ainda precisa ser mais divulgada. A pesquisa mostrou que 57% dos entrevistados souberam da cidade por amigos e apenas 0,5% por agentes de viagens. Outra revelação foi que 1,9% dos turistas chegaram a Niterói por meio de agência de viagem.

Os responsáveis pelo Hotel H, no Ingá, se anteciparam a esse crescimento e construíram o primeiro quatro estrelas de Niterói em 2013. “A cidade era carente de um hotel desse padrão. Vimos nessa lacuna uma boa oportunidade para nossos negócios”, diz o diretor executivo da unidade, Rodrigo Alvite. Segundo ele, o H recebe cinco mil turistas por mês, 50% são estrangeiros.

A beleza das praias oceânicas encantam os turistasDaniel Castelo Branco / Agência O Dia

“Nossas hospedagens têm se ampliado e se qualificado, e a gastronomia da cidade é das mais ricas”, destaca presidente da Neltur, Paulo Freitas. Na Copa do Mundo de 2014 Niterói recebeu 119 mil turistas, de acordo com pesquisa da UFF.

CAMINHO NIEMEYER: Obras do arquiteto Oscar Niemeyer, entre eles o teatro que leva o nome do autor 

IGREJAS: N. S. da Boa Viagem.</MC><MC> (Praia da Boa Viagem s/n Boa Viagem). De São Lourenço dos Índios</MC> (Pça. Gal. Rondon s/n, Morro de São Lourenço. <MC0>

FORTES: Fortaleza de Santa Cruz da Barra e os fortes São Luís e do Pico. Av. Mal. Pessoa Leal 265, Jurujuba. 

MERCADO SÃO PEDRO: Complexo de restaurantes e quiosques com peixes frescos. R. Visconde do Rio Branco 55, Ponta D’Areia.

MUSEUS: MAC - Mirante da Boa Viagem s/n, Boa Viagem. Museu do Ingá - R. Pres. Pedreira 78, Ingá. Solar do Jambeiro - R. Pres. Domiciano 195, São Domingos. Janete Costa - R. Pres. Pedreira 98, Ingá. 

PARQUES: Da Cidade (São Francisco), São Bento (Icaraí), Serra da Tiririca (entrada por Itacoatiara)

PRAIAS: São 11 quilômetros de litoral. Itacoatiara, Camboinhas, Itaipu, Adão e Eva e Piratininga são as mais procuradas.

Últimas de _legado_Niterói