Por leandro.eiro

Berlim (Alemanha) - O novo Volkswagen Golf VII dá o pontapé inicial no mercado brasileiro com seu lançamento às vésperas do Salão de Frankfurt. O médio chega com soluções atuais e preço para competir com o Ford Focus, que promete acelerar ainda em setembro recheado de atributos inéditos. O VW, que irá substituir o Golf 4,5 fabricado no Brasil, é um carro totalmente novo.


Fica a dúvida quanto ao custo do seguro, que sepultou as antigas versões nacionais e, de quebra, o A3. Mas a volta da produção é dada como certa, tanto do Golf VII quanto do A3, no Paraná, no início de 2015. Afinal, os dois compartilham a plataforma modular transversal, MQB, o que reduz os custos do fabricante.

O modelo que dirigimos, ainda importado, é o 1.4 turbo, equipado com motor moderno, leve e com 140 cv semelhante ao do Fox exportação, que mostra eficiência acima da média, quando se trata de performance e equipamentos. O modelo, que sempre fez sucesso no Brasil, chegará importado da Alemanha, este mês. A versão GTI já pode ser encomendada mas entra no país em novembro, na ponta dos cascos, com 220 cv e lista de equipamentos para dar inveja no 'primo' Audi A3.

Mas o 1.4 também vem recheado. Ele oferece tecnologias inéditas para carros deste tamanho. Tem sete airbags de série, tela multifunções 'touch', freios com ABS, EBD e controle de frenagem em curvas, freios automáticos de uso urbano e de acidente, quando o carro reduz até 10 km/h depois de uma batida para preservar um motorista desacordado, por exemplo, 'park-assit', etc, etc.

Novo Golf traz bastante eletrônica embarcadaDivulgação


Impressões

A lista é muito extensa, mas, na pista, o motor pequeno não faz feio. Anda bem e retoma como ninguém, apoiado por um câmbio de seis marchas manual ou de sete marchas DSG, sequencial automatizado de muita eficiência, com borboletas atrás do volante.

Em uso no ADAC, que é o Centro de Formação de Motoristas da Alemanha, o Golf mostrou performance e capacidades para voltar ao velho carisma. O carro é firme nas retas e retomadas, não perde curvas e tem eletrônica a preço acessível para os distraídos. Escorado em uma marca confiável, que quer voltar ao primeiro lugar em vendas, segundo seu presidente Peter Schmall, o Golf tem tudo para ajudar.

Na Europa já é, faz tempo, o modelo mais vendido e contabiliza 30 milhões de unidades entregues. Assim, a missão fica mais tranquila. Os preços do Golf VII são a partir de R$ 68 mil até R$ 93 mil para o 1.4 e de R$ 95 mil até R$ 125 mil para a versão GTI.

Golf GTI chega só em novembroDivulgação



Você pode gostar