Por leandro.eiro

Rio - O renovado Camaro não é mais o Camaro amarelo da música sertaneja. A frente afilada e a grade superior mais estreita trouxeram sutileza nos traços, que ganharam também barbatanas de saída de ar sobre o capô, um toque de esportividade que resolve a exaustão de calor. Com a grade superior mais fina, a inferior ficou mais larga para o arrefecimento do motor V8 ganhou eficiência. Na traseira as novas lanternas perderam personalidade.

A carroceria é a mais bonita da marca no mundoMarcellus Leitão / Agência O Dia


O esportivo, que vem apenas na versão SS, teve o design renovado e o preço elevado em R$ 10 mil. Custa agora R$ 210 mil no mercado brasileiro, algo estranho para os americanos, que pagam por ele 23.555 dólares, ou menos de R$ 60 mil. Exotismos tropicais à parte, o modelo é um carro totalmente emocional, que vende pelas formas, sem dúvida as mais belas de um Chevrolet no mundo.

O musculoso vem com um motor V8 de 6.2 litros e 406 cv de potência, então, o território dele é na estrada. E é pra lá que vamos.

No destaque%2C o HUDMarcellus Leitão / Agência O Dia


No para-brisa

Acelerar o Camaro preto a partir do acostamento e uma pista reta empolga pelo ruído do motor, que nos remete aos anos 70, quando os 'pony cars' eram os mais desejados do mundo. O Camaro cresce rápido e o HUD (o Head Up Display) projeta no para-brisa a velocidade crescente. Segundo o fabricante a aerodinâmica foi aperfeiçoada e um pequeno aerofólio traseiro ajuda a penetrar o ar. As mudanças do câmbio automático seis marchas são feitos por borboletas atrás do volante, o que aumenta a eficiência.

Depois da rodovia, sempre vem a cidade e o carrão não serve para os discretos. Chama muito a atenção e no sinal fechado com suas imensas rodas aro 20. Nesse momento dá para perceber o estiloso acabamento e design interior, com vigias estreitas e contemporâneas. A baixa rotação desliga automaticamente 4 dos oito cilindros, melhorando os níveis de consumo, que ainda são altos. Os controles eletrônicos de tração e estabilidade desligáveis nos ajudaram bastante na serra, ao conter os ímpetos da tração traseira ultrapassar o resto do carro, quem tem uma ótima suspensao independente multilink.

Um carro de paixão e de impulso, que joga a razão no lixo e ronca alto na estrada.

O ícone ganhou um faceliftMarcellus Leitão / Agência O Dia


Você pode gostar