Por leandro.eiro

Rio - Uma nova ‘fornada’ de utilitários esportivos está prestes a ganhar as ruas ao redor do mundo. Agora, a vez é dos SUVs supercompactos, que devem começar a chegar ao mercado já a partir de 2016. E uma das estreias será a do Renault Kwid.

Destinado aos mercados dos países emergentes%2C o Renault Kwid tem o tamanho do ClioDivulgação


Sucessor direto do Clio, o SUVzinho foi mostrado oficialmente na semana passada, na Índia, e é destinado aos mercados emergentes, incluindo o Brasil. O Kwid é o primeiro modelo da união Renault/Nissan montado sobre a plataforma CMF — Common Module Family.

Com 3,68 metros de comprimento, o Kwid tem suspensão elevada e oferece altura livre do solo de 18 cm. Por dentro, habitáculo com instrumentos digitais e pequena tela central para os sistemas de entretenimento e de navegação.

Debaixo do capô, o Kwid terá, na Índia, motorização de 800 cm³ e câmbio manual de cinco velocidades. Já aqui no Brasil, o novo modelo da fabricante francesa poderá adotar o mesmo três cilindros 1.0 presente nos Nissan March e Versa. A Renault não forneceu quaisquer outras informações sobre o SUVzinho.

O projeto do Taigun está em banho-maria%2C mas poderá estrear em 2016Divulgação


Além da chegada do Kwid, outros utilitários esportivos supercompactos também poderão dar as caras muito em breve. Um exemplo, o Volkswagen Taigun. Com 3,85 m de comprimento, o modelo tem a mesma plataforma do up!.

Já debaixo do capô, o Taigun contará com motorização mais parruda do que o ‘irmão’ up! — o propulsor três cilindros turbo TSI 1.0 l com 110 cv. A unidade de força irá trabalhar com transmissão manual de seis marchas mas deverá adotar também câmbio automático.

Já a Suzuki trabalha para apresentar a nova geração do Jimny. O SUV compacto da fabricante japonesa deverá ser inspirado no conceito IM-4, que foi mostrado no Salão de Genebra, em março passado.

O Suzuki IM-4 vai ditar as linhas de design do futuro JimnyDivulgação


Dotado de tração 4x4, o protótipo IM-4 tem também dimensões diminutas — são 3,69 metros de comprimento e entre-eixos de 2,43 m. Debaixo do capô, duas motorizações poderão estar disponíveis — 1.0 l turbo e um sistema híbrido composto por unidade 1.2 l e outra elétrica.

A Jeep, por sua vez, também poderá lançar mais cedo do que se possa imaginar uma versão com duas portas do recém-lançado Renegade. A marca, é claro, não revela detalhes da opção de duas portas do Renegade, como também não fornece qual motorização — 1.8 Flex ou 2.0 turbodiesel — irá adotar.

Em um outro patamar e com dimensões maiores, um outro novato poderá chegar ao mercado brasileiro. É o Nissan Kicks. Com 4,30 metros de comprimento e 2,62 m de entre-eixos, o SUV deverá ser lançado em 2016, um pouco antes das Olimpíadas do Rio, já que a Nissan é patrocinadora oficial.

Um pouco maior%2C o Kicks é a aposta da Nissan para os Jogos OlímpicosDivulgação


Você pode gostar