Por helio.almeida

Anápolis (Goiás) - Um advogado que usou os serviços de um motel de Anápolis (Goiás) acabou se revoltando no momento em que iria pagar a conta. Ele não teria achado um absurdo o valor de R$ 72 e começou a destruir o local. Segundo a polícia, ele forçou a saída para não paghar, mas acabou preso.

Advogado destruiu portão do motel após forçar saídaReprodução Internet

De acordo com testemunhas, o advogado entrou no motel acompanhado de um homem. Os dois permaneceram no local por 1 hora e 43 minutos. Na hora de pagar a conta, ele discutiu com uma das funcionárias por ter achado o valor alto, forçou a saída e acabou danificando o portão do estabelecimento, localizado na BR-060.

Mas por causa do estrago no portão, o valor será maior. Ele foi levado para a delegacia para prestar esclarecimentos e liberado em seguida. A pena pelo crime de dano é de 1 a 6 meses, mas deverá ser aplicada uma pena alternativa", explicou o titular do 6º DP, delegado Manoel Vanderic.

Você pode gostar