Por raphael.perucci

São Paulo – Dois funcionários foram feitos reféns em uma rebelião iniciada no final da tarde desta sexta-feira na unidade Fazenda do Carmo da Fundação Casa, zona leste paulistana. Segundo a assessoria da instituição, após um tentativa frustrada de fuga, os adolescentes começaram um tumulto e atearam fogo a colchões.

A Superintendência de Segurança da Fundação Casa foi ao local para negociar com os jovens. A Corregedoria-Geral da instituição, que também está na unidade, vai abrir uma investigação sobre as condições da tentativa de fuga. A unidade, que fica no bairro de Itaquera, tem capacidade para 68 internos e, atualmente, está com 63 adolescentes.

Você pode gostar